McGregor recebe suspensão médica de seis meses após ser nocauteado por Poirier no UFC 257 | SUPER LUTAS

McGregor recebe suspensão médica de seis meses após ser nocauteado por Poirier no UFC 257

Irlandês sofreu duros chutes na panturrilha e deverá apresentar resultados de exames na tíbia e fíbia para que consiga retornar ao octógono antes do período estabelecido

C.McGregor foi nocauteado no UFC 257. Foto/Reprodução: Instagram

Após ser nocauteado pela primeira vez no UFC 257, o peso leve (até 70,3kg.) Conor McGregor recebeu a suspensão médica de 180 dias sem poder atuar. No último sábado (23), o irlandês sofreu duros chutes por Dustin Poirier na perna direita e terá de fazer exames na fíbula e tíbia para que consiga ser liberado pelos médicos, caso queira voltar ao octógono antes do prazo estipulado.

Veja Também

Por outro lado, Dustin Poirier, que se sagrou vencedor, recebeu a suspensão mínima obrigatória de sete dias, já que não sofreu nenhuma lesão na luta.

Para os brasileiros, a maior suspensão foi para Amanda Ribas, que foi nocauteada por Marina Rodriguez e recebeu suspensão de 45 dias, além de ficar sem treinar por 30 dias. Já sua compatriota ficará uma semana afastada, conforme obrigação mínima de suspensão.

Cara de Sapato, que perdeu na decisão unânime dos juízes para o norte-americano Brad Tavares, ficará 21 dias sem poder treinar com contato físico e fora de combate por 30 dias.

Aos 32 anos, Conor McGregor tem um cartel de 22 vitórias e cinco derrotas. O irlandês sofreu, pela primeira vez, um nocaute na revanche contra Dustin Poirier. Com a derrota, ele acabou saindo do Top-5 da divisão.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments