Técnico de Khabib afirma que McGregor seria 'amassado' em revanche contra pupilo | SUPER LUTAS

Técnico de Khabib afirma que McGregor seria ‘amassado’ em revanche contra pupilo

Responsável por ‘afiar’ o jogo do russo, Javier Mendez critica performance do irlandês no UFC 257 e acredita em novo sucesso do ‘Águia’, caso houvesse outra luta

J. Mendez (esq.) é um dos principais responsáveis pelo sucesso de K. Nurmagomedov. Foto: Reprodução/Instagram

Um dos principais responsáveis pelo sucesso de Khabib Nurmagomedov no MMA, Javier Mendez criticou a performance de Conor McGregor, derrotado por Dustin Poirier no UFC 257. Em entrevista ao ‘Submission Radio’, o treinador avaliou uma regressão do irlandês no último final de semana e cravou que seu pupilo venceria em uma eventual revanche.

Veja Também

“Ele (Conor) seria amassado. Khabib melhorou. Ele teria amassado, sem dúvida. Khabib se tornou melhor do que quando eles lutaram, há dois anos. Conor não pareceu melhor. Ele não evoluiu”, afirmou o técnico da AKA (American Kickboxing Academy).

Depois de assistir ao nocaute imposto por Poirier no UFC 257, Mendez aproveitou para analisar o confronto. Segundo o treinador, foi uma surpresa notar que McGregor não soube se defender das investidas nas pernas aplicadas pelo norte-americano, o que foram fundamentais para a vitória.

“Quando eu vi Dustin começar com os chutes nas pernas, eu pensei: ‘Meu Deus, a postura de Conor não foi feita para absorver os chutes daquela forma’. Especialmente os chutes na panturrilha. Eu pensei que seria um problema quando ele atingiu Dustin com seu soco bom e Dustin absorveu. Foi ali que eu percebi que as coisas mudariam. Foi uma grande estratégia de Dustin trabalhar com os chutes nas pernas, panturrilhas e foi um mau julgamento de Conor não estar preparado para aquilo”, afirmou Javier.

Na intenção de avaliar a atuação de McGregor no último final de semana, Mendez seguiu criticando a preparação do irlandês para o confronto contra Poirier. Para o treinador, os ataques do norte-americanos deveriam ter sido previstos e houvesse um plano montado para que o ‘Notório’ soubesse contornar a situação.

“Não entendo como não se prepara para algo assim. Com Khabib, eu o lembrei todos os dias: ‘Justin (Gaethje) vai atacar suas pernas’. Todos os dias eu falava para ele. (…) Até que os lutadores saibam como lidar com isso, (os chutes) serão um grande problema”, finalizou.

Embora Conor tenha sido nocauteado por uma sequência de socos, foi um chute na panturrilha que deu início ao calvário vivido pelo irlandês no UFC 257. Desestabilizado e visivelmente com dores, McGregor não suportou a pressão e acabou sucumbindo no segundo round.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments