Treinador de St-Pierre questiona vontade de Conor no UFC 257: 'Achei estranho que ele não tenha reagido aos golpes' | SUPER LUTAS

Treinador de St-Pierre questiona vontade de Conor no UFC 257: ‘Achei estranho que ele não tenha reagido aos golpes’

Firas Zahabi afirma que a falta de determinação do irlandês pode sido crucial para o resultado do combate

C.McGregor foi derrotado contra D.Poirier no UFC 257. Foto/Reprodução: Instagram

O treinador de Georges St-Pierre, Firas Zahabi, analisou a derrota de Conor McGregor diante de Dustin Poirier, que ocorreu no último sábado (23), no UFC 257. Segundo ele, o irlandês sentiu os golpes, desistiu do combate assim que encontrou sua primeira dificuldade e que, à medida que o tempo passa, ele parece se desgastar ainda mais.

Veja Também

“Acho que no segundo round, quando McGregor foi atingido na grade, achei estranho que ele não tenha reagido. Parecia que ele já havia desistido de lutar antes de bater na grade porque as coisas estavam ficando difíceis. A luta estava ficando dura, a mão esquerda não funcionava e ele não está acostumado com isso. Ele não está acostumado a bater nos caras de esquerda e depois continuar lutando. Ele está acostumado a acertar caras com a esquerda e depois eles caírem no chão’’, afirmou Firas Zahabi, em seu canal no ‘YouTube’.

Ainda sobre a análise da luta, o treinador discordou de St-Pierre, que afirmou que Conor pode se recuperar da derrota. Para ele, a primeiro passo para um lutador ter uma queda de rendimento é a determinação de saber superar os limites dentro do cage para dar a volta por cima.

“Tem muito a ver com a forma como ele caiu e, na minha opinião, ele não está acostumado a enfrentar tempestades (…), neste momento da sua carreira, você quer uma boa vitória e se aposentar, porque provavelmente você está, de modo geral, lutando no automático. os lutadores estão cansados ​​de colocar a família em espera. Ele está cansado de colocar tudo em espera. Você quer ver seus filhos crescerem, passar por diferentes fases da sua vida, ir a jantares em família, ter aquele tempo para a família, aquele tempo de lazer. Mas os lutadores que estão competindo no nível mais alto precisam fazer uma pausa nisso o tempo todo. É muito cansativo, muito cansativo psicologicamente. Mas tudo depende do indivíduo. Você está pronto para desistir de tudo isso? Você está pronto para fazer tudo isso?”, finalizou.

Conor McGregor e Dustin Poirier fizeram a revanche no UFC 257. Na primeira luta, o irlandês nocauteou ainda no primeiro round. Já no encontro mais recente, o norte-americano ‘deu o troco’ e também nocauteou, mas no segundo assalto. Agora, o ex-detentor do cinturão dos penas (até 65,7kg.) e leves (até 70,3kg.) ocupa a sexta posição na divisão, enquanto seu ‘carrasco’ é o número um e deve disputar o cinturão já no próximo combate.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments