'Zebra' histórica do UFC dá conselhos a Megan Anderson para luta contra Amanda Nunes | SUPER LUTAS

‘Zebra’ histórica do UFC dá conselhos a Megan Anderson para luta contra Amanda Nunes

Responsável por destronar Georges St-Pierre em 2007, Matt Serra dá dicas à australiana, que encara a 'Leoa' no UFC 259

M. Anderson após uma de suas vitórias. Foto: Reprodução/Instagram @ufcbrasil

A australiana Megan Anderson terá, no próximo sábado (6), a chance de ser protagonista de uma das maiores zebras da história do MMA. A desafiante terá o duro papel de enfrentar Amanda Nunes, pelo título do peso pena (até 65,7kg). Perto da luta, a atleta recebeu um apoio de peso de quem já viveu uma situação semelhante. Carrasco do lendário Georges St-Pierre em 2007, Matt Serra deu conselhos importantes à combatente.

Veja Também

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie‘, o antigo campeão dos meio médios (até 77kg) do Ultimate, apontou o caminho para o bom desempenho de Megan. Algoz de GSP, o ex-lutador encorajou a rival de Nunes para o compromisso deste final de semana.

“No final do dia, é uma luta. Os críticos, as pessoas que pensam que você vai ser destruído, só tem uma outra pessoa trancada com você lá dentro, então você pode controlar seu próprio destino. Minha mentalidade com Georges, em uma situação similar, eu não sabia 100% se iria vencê-lo, mas eu sabia que era eu ou ele, um de nós apagaria porque essa era a minha escola de pensamento”, declarou Matt, que, há quase 14 anos, destronou um dos maiores nomes da história do esporte.

Megan vem de dois resultados positivos no Ultimate, sobre Zarah Fairn Dos Santos e Norman Dumont. A peso pena chega para a disputa de título com um cartel de 11 vitórias e quatro derrotas no MMA profissional.

Considerada, por muitos, como a melhor lutadora de todos os tempos, Amanda Nunes não sabe o que é perder desde setembro de 2014. Dona do título dos penas desde dezembro de 2018, a baiana, que também ostenta o cinturão no peso galo (até 61,2kg.), defenderá seu trono no grupo pela terceira vez.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments