Após derrota para Amanda Nunes, Megan Anderson é dispensada pelo UFC | SUPER LUTAS

Após derrota para Amanda Nunes, Megan Anderson é dispensada pelo UFC

Depois de fazer a última luta em seu contrato, australiana não tem vínculo renovado com a organização

M. Anderson (foto) foi derrotada por A. Nunes no UFC 259. Foto: Reprodução/Facebook ufcbrasil

Uma das protagonistas do UFC 259, Megan Anderson não faz mais parte do Ultimate. Rival de Amanda Nunes no último final de semana, na disputa do título dos penas (até 65,7kg.), a australiana não teve seu contrato renovado e, agora procura uma ‘nova casa’. A informação foi confirmada pela própria atleta em suas rede sociais.

Veja Também

Quando subiu no octógono no último sábado (6), Anderson fazia a última luta em seu contrato com o UFC. Diante da maior lutadora de todos os tempos, a australiana não teve tempo de colocar sua estratégia em jogo e acabou sucumbindo à ‘Leoa’ em menos de três minutos de confronto, batendo em desistência com uma chave de braço.

Ex-campeã do Invicta FC, Megan subiu ao octógono como grande azarona do evento. A atleta, no entanto, na semana que antecedeu o confronto, mostrava confiança de que poderia chocar o mundo e encerrar o reinado da brasileira.

Na luta, no entanto, Anderson acabou se tornando ‘mais uma’. Diante de uma Amanda compenetrada, a australiana entrou para a galeria de vítimas de Nunes, que emplacou seu 12º triunfo consecutivo.

Fora do Ultimate, ainda não se sabe onde Megan, de 31 anos, atuará nas próximas temporadas. Hoje, a combatente soma 16 compromissos como profissional no MMA, com 11 triunfos e cinco reveses.

A queda do ‘Império Pitbull’ no Bellator e a prévia para o UFC 265

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments