Treinador de Adesanya afirma que pupilo buscaria o cinturão dos pesados, caso vencesse Blachowicz | SUPER LUTAS

Treinador de Adesanya afirma que pupilo buscaria o cinturão dos pesados, caso vencesse Blachowicz

Responsável por preparar o nigeriano, Eugene Bareman abre o jogo sobre plano de carreira de Israel, antes do UFC 259

I .Adesanya (foto) sofreu a primeira derrota no MMA no UFC 259. Foto: Reprodução/Instagram

A derrota de Israel Adesanya para Jan Blachowicz no UFC 259 segue rendendo frutos, inclusive dentro de sua equipe. Segundo um dos treinadores do nigeriano, Eugene Bareman, o revés do campeão dos médios (até 83,9kg.) para o polonês, acabou adiando um plano de carreira programado para os próximos anos. Em entrevista ao ‘Sirius XM’, o técnico afirmou que o pupilo subiria aos pesados (até 120,2kg.), caso conquistasse o cinturão no último final de semana.

Veja Também

“Posso responder essa pergunta porque nós perdemos (no UFC 259). Se ganhássemos o cinturão, para mim, ou empresário, nós tentaríamos tudo. Por que parar por aqui? A gente subiria, mas nada a ver com Jon Jones. Israel se aproximaria de Francis Ngannou para enfrentá-lo. Se (Stipe) Miocic vencesse, iríamos atrás dele”. Afirmou Bareman.

O sonho de Israel e sua equipe, no entanto, acabou sendo adiado. No confronto contra Blachowicz, pelo cinturão dos meio-pesados (até 93kg.), Adesanya acabou não conseguindo superar a força física do adversário e foi declarado derrotado por pontos após cinco rounds de confronto.

O revés para Jan marcou a primeira derrota na carreira do nigeriano, que seguia invicto no MMA com 20 triunfos consecutivos. Quando enfrentou o polonês, Israel tentava ser integrado ao seleto grupo de combatentes que, hoje, têm no currículo dois cinturões em categorias diferentes.

Depois da falha na nova divisão, Adesanya admitiu que retornará à sua categoria de origem. O atleta, hoje, é campeão dos médios e busca estender seu reinado no grupo. O nigeriano, até o momento, tem duas defesas de título bem-sucedidas.

Podcast SUPER LUTAS: Qual o futuro de McGregor após o UFC 264?

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments