Em busca de recuperação no UFC 260, Woodley diz qual foi a pior derrota da sua carreira | SUPER LUTAS

Em busca de recuperação no UFC 260, Woodley diz qual foi a pior derrota da sua carreira

Vindo de três resultados negativos, o ex-campeão dos meio-médios (até 77,1kg) afirmou que o revés para Colby Covington, foi o mais doloroso da sua vida

T. Woodley enfrenta V. Luque no UFC 260 Foto: Reprodução/Instagram

Em má fase na carreira, Tyron Woodley vem de três derrotas consecutivas. Porém, teve uma em especial, que mexeu mais com o ex-campeão dos meio-médios (até 77,1kg).  Em entrevista ao canal ‘TSN Sports‘, o ‘Escolhido’, como é conhecido, afirmou que o revés para Colby Covington, em setembro de 2020, foi o mais doloroso da sua carreira e explicou os motivos.

Veja Também

Antigo parceiro de treinos de Covington, Woodley afirmou que sempre conversou muito com o amigo sobre o seu jeito polêmico e isso acabou os aproximando. O duelo entre os dois era algo que o ex-líder da divisão não planejava e a derrota no combate fez com que a amizade se tornasse uma rivalidade.

“Doeu perder para ele, porque Colby estava disposto a usar o seu jeito polêmico para provocar algumas pessoas mais sensíveis. Seja com os brasileiros ou sobre política, o que quer que ele estivesse fazendo, tudo pra ele, era um jogo. Acho que existem certas coisas, que você não deve brincar. Para alguém que eu costumava ter como um parceiro de treinamento…Sim, doeu mais por isso, do que por outra coisa”, desabafou Woodley.

Ainda na entrevista, Tyron afirmou que tentou controlar o ímpeto de Covington, mas que a obsessão dele em usar as provocações para se tornar mais conhecido e ganhar dinheiro, era maior.

“Uma vez, eu disse a ele: ‘Há uma maneira diferente de fazer isso, você vai parecer estúpido e bobo. Mas se é isso que você quer fazer, vá em frente’. Ele respondeu: ‘Cara, só estou tentando conseguir dinheiro e construir o meu nome, assim podemos ganhar muito dinheiro’. Eu disse a ele que não diria mais nada. Nunca falei nada sobre isso publicamente, porque eu era o campeão. Eu não tinha que me dirigir a ele”, disse Tyron.

Com um cartel de 19 vitórias e seis derrotas, Woodley vem em péssima fase na organização. Seu último triunfo, foi sobre Darren Till, no UFC 228, em setembro de 2018. Atualmente, o ‘Escolhido’, ocupa o sétimo lugar no ranking da divisão.

Atual número um da categoria, Colby Covington possui um histórico no MMA de 16 vitórias e duas derrotas. Em dezembro de 2019, no UFC 245, o norte-americano enfrentou o dono da divisão, Kamaru Usman, e foi derrotado por pontos. Antes disso, o ‘Chaos‘ se tornou campeão interino dos meio-médios, ao vencer o brasileiro Rafael Dos Anjos, em junho de 2018.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments