No hospital, Chris Weidman nega que tenha comemorado lesão de Anderson Silva no UFC 168 | SUPER LUTAS

No hospital, Chris Weidman nega que tenha comemorado lesão de Anderson Silva no UFC 168

Ex-campeão dos médios, norte-americano fraturou a perna de forma semelhante ao do brasileiro no combate contra Uriah Hall

C. Weidman fraturou a perna ao chutar U. Hall no UFC 261. Foto: Reprodução/Instagram UFCBrasil

Ainda se recuperando da grave lesão sofrida no combate contra Uriah Hall no último sábado (24) pelo UFC 261, Chris Weidman falou sobre o suposto ‘carma’. O norte-americano, que fraturou sua perna como Anderson Silva, relembrou o caso após algumas pessoas acusarem de comemorar vitória na revanche contra ‘Spider‘ no UFC 168, que ocorreu em 2013.

Veja Também

“Quem diz que comemorei quando a perna do Anderson Silva quebrou, está totalmente enganado. Eu não sabia que sua perna havia estourado. Só pensei que havia doído seu chute e ele caiu de dor – o que costuma acontecer em sparring”, escreveu Weidman em seu ‘Twitter‘ oficial.

Além de negar que tenha comemorado a lesão do ‘Spider’, Chris Weidman ainda afirmou que viu o que havia acontecido apenas depois de dar voltas no cage. Ele também contou que chegou a brigar com seguranças no local para que o brasileiro pudesse ver seus familiares.

“Depois de dar a volta no octógono, percebi que ele estava com fortes dores por causa dos gritos e imediatamente fui examiná-lo e tentei consolá-lo. Foi quando percebi que ele segurava a perna no lugar. Não houve felicidade em meu nome daquele ponto em diante. Então, empurrei o segurança para fora do caminho para que seus treinadores pudessem entrar no octógono e ele pudesse ter alguns rostos familiares ao lado dele durante aquele momento horrível”, completou o norte-americano.

Após a lesão de Weidman, Silva foi às redes sociais para desejar uma pronta recuperação. Em sua atualização mais recentes, o norte-americano contou que ainda sente muita dor e poderá voltar a andar entre seis a 12 meses. Ele voltará para casa em um jato particular, cedido pelo presidente do Ultimate, Dana White.

Confira a publicação (em inglês)

Podcast SUPER LUTAS: Qual o futuro de McGregor após o UFC 264?

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments