Ex-campeão dos médios, Rafael Carvalho é derrotado por Lorenz Larkin no card preliminar do Bellator 258 | SUPER LUTAS

Ex-campeão dos médios, Rafael Carvalho é derrotado por Lorenz Larkin no card preliminar do Bellator 258

O também brasileiro Weber Almeida conheceu o seu primeiro revés na carreira para Johhny Soto e fechou a triste noite para o Brasil no card que abriu a noite

L. Larkin derrotou R. Carvalho na decisão dos juízes Foto: Reprodução

O card preliminar do Bellator 258 que ocorreu nessa sexta (7) não foi de grandes alegrias para o Brasil. O ex-campeão dos médios (até 83.9kg) da organização, Rafael Carvalho foi derrotado por Lorenz Larkin na decisão dividida dos juízes. O também brasileiro Weber Almeida perdeu a sua invencibilidade para Johnny Soto na segunda luta da noite. O espetáculo ocorreu em Uncasville, Connecticut (EUA).

Veja Também

A LUTA

O confronto começou com os dois atletas preferindo manter a luta em pé. Rafael Carvalho usava os chutes contra Lorenz Larkin que se aproveitava nos contra golpes. Rafael dominava o centro e era mais agressivo, mas Larkin também causava perigo quando respondia os ataques. O brasileiro levou a luta para o clinch e golpeava as costelas de Lorenz. O norte-americano se desvencilhou e com perigosas cotoveladas atordoou o seu adversário. Os golpes aparentemente desnortearam Carvalho que terminou o assalto mais acuado e sofrendo com jabs e diretos do seu oponente.

Mostrando recuperação, Rafael voltou mais agressivo para o segundo round e foi para cima de Larkin que logo travou a luta no clinch. Logo em seguida, foi a vez do brasileiro buscar a mesma estratégia o que fez o ritmo do assalto cair nos minutos finais. A inatividade dos dois atletas foi tamanha, que o arbitro chegou a interromper o combate e pedir ação.

No terceiro assalto, os dois atletas aparentaram alto desgaste físico e o combate teve uma queda de nível. Larkin buscava as quedas e Rafael se defendia com as costas na grade. Ambos os atletas terminaram o confronto demonstrando bastante cansaço e trocando golpes na luta em pé até o soar do gongo.

Emendando a sua quinta vitória consecutiva, Lorenz Larkin segue em excelente fase na carreira. Aos 34 anos, o combatente agora possui um cartel de 23 triunfos e sete derrotas na carreira.

Antigo líder da divisão, Rafael Carvalho parece estar longe do dias em que ostentava o cinturão dos médios. O brasileiro alcançou a marca negativa de três derrotas seguidas e agora possui um histórico de 16 vitórias e seis derrotas em sua carreira profissional.

Raufeon Stots venceu Joshua Hill por decisão unânime

R. Stots x J. Hill Foto: Instagram

O primeiro round foi de completo domínio de Raufeon Stots, o lutador dominou Joshua Hill no chão durante os cinco minutos e chegou a ficar bem perto de conseguir uma finalização. Os dois lutadores mantiveram a luta em pé durante o segundo assalto que não teve grandes emoções. Na parcial derradeira, Stots foi mais agressivo e tentava encurralar Hill na grade se aproximando com socos e chutes. Raufeon ainda derrubou o seu adversário no minuto final, porém, não teve tempo para mais nada.

Com a vitória por decisão, Raufeon Stots alcança a impressionante marca de oito vitórias consecutivas e se consolida como um dos principais nomes da divisão dos galos. O lutador de 32 anos passa a exibir o histórico de 16 triunfos e apenas uma derrota em sua carreira.

Por sua vez, Joshua Hill volta a saber o que é ser derrotado após quatro vitórias seguidas. Aos 34 anos, o combatente possui um cartel de 20 triunfos e quatro reveses no MMA profissional.

Patchy Mix domina Albert Morales vence por finalização

P. Mix x A. Morales Foto: Twitter

O primeiro assalto entre Patchy Mix  e Albert Morales quase lembrou um duelo de jiu-jítsu. Os dois atletas abusavam das transições e das tentativas de finalização. No segundo round, o cenário permaneceu o mesmo, porém, com domínio de Mix que controlou o seu oponente no chão com socos e cotoveladas durante todo o período. Patchy continuou soberano após a volta e com um triângulo, finalizou Morales na reta final da etapa derradeira.

Atual número dois do ranking dos galos (até 61,2kg) e último desafiante de Juan Archuleta, Patchy Mix pode ter uma nova oportunidade de disputar o título após a vitória sobre Morales. O lutador de 27 anos se recupera da derrota para o campeão e agora ostenta o cartel de 14 triunfos e uma derrota.

Após dois triunfos seguidos, Albert Morales volta a ser derrotado na organização. O atleta de 29 anos agora possui 10 vitórias e sete reveses em seu cartel profissional.

Johnny Eblen mantém o seu cartel invicto ao nocautear Daniel Madrid no primeiro round

J. Eblen x D. Madrid Foto: Twitter

O duelo entre Johnny Eblen e Daniel Madrid  começou com muito estudo dos dois lutadores e algumas trocas de golpes no centro do ringue. Quando o round se encaminhava para a sua metade sem grandes emoções, Johnny acertou um cruzado que levou Daniel à lona. Eblen ainda aplicou alguns golpes no seu adversário caído mas o árbitro chegou rápido e terminou o combate.

Atual número seis do ranking dos médios (até 83,9kg), Johnny consegue uma vitória que pode o colocar no top-5 da classificação. O combatente continua invicto, agora com um cartel perfeito de oito triunfos.

Daniel Madrid tem a sua sequência de cinco vitórias seguidas interrompidas com o revés para Eblen. Agora, o lutador de 37 anos ostenta um histórico de 18 triunfos e sete reveses em sua carreira profissional.

Johnny Campbell finaliza Henry Corrales no segundo round

H. Corrales x J.Campbell Foto: Twitter

O primeiro round entre Henry Corrales e Johnny Campbell transcorreu com poucas emoções. Os dois atletas trocaram alguns golpes e tentativas de queda, porém sem muita efetividade dos dois lados. No segundo assalto, os dois lutadores valorizaram a luta em pé e trocaram golpes no centro do ringue por quase todo tempo, até que Campbell acertou um uppercut que levou Morales ao solo, em seguida, o norte-americano encaixou uma guilhotina que fez o seu adversário dar os ‘três tapinhas’ e encerrar o combate.

Com o triunfo, Johnny Campbell se recupera da derrota em sua última luta e agora ostenta um cartel de 21 vitórias e 13 reveses. O veterano Henry Corrales volta a sentir o gosto amargo de um resultado negativo na organização e agora possui um histórico de 18 vitórias e 6 resultados negativos no MMA profissional.

Em duelo movimentado Johnny Soto derruba a invencibilidade de Weber Almeida

W. Almeida x Johnny Soto Foto: Twitter

Em um combate repleto de emoções, Johnny Soto derrotou Weber Almeida. Buscando a luta agarrada, a estratégia do norte-americano prevaleceu sobre a luta em pé do brasileiro, que chegou a fazer um bom primeiro round. Porém, o ‘Phantom’ mostrou mais preparo e dominou o combate até o fim vencendo na decisão unânime dos juízes.

O brasileiro Weber Almeida conheceu a sua primeira derrota na carreira. Aos 33 anos, o combatente agora possui um cartel de quatro triunfos e um revés. Com a excelente vitória sobre Weber, Johnny Soto emendou a sua quarta vitória consecutiva. O norte-americano agora ostenta um histórico de 4 triunfos e apenas um resultado negativo.

Erik Perez vence Blaine Shutt na decisão dos juízes

E. Perez e Blaine Shutt se enfrentaram na primeira luta da noite FOTO: Twitter

O duelo que abriu a noite de lutas no Bellator 258 foi bastante movimentado. O ex-UFC Erik Perez dominou Blaine Shutt com muitas quedas, socos e cotoveladas por cima do seu adversário e venceu por decisão unânime dos juízes ao fim dos três rounds.

Com a vitória, Erik Perez vence o seu primeiro combate no Bellator e se recupera de duas derrotas consecutivas. Agora, o mexicano possui um cartel de 20 triunfos e 8 reveses. Estreando na organização, Blaine Shutt não teve um começo animador. O lutador de 29 anos agora registra a marca de 8 vitórias e cinco derrotas em seu histórico profissional.

RESULTADOS DO BELLATOR 258

CARD PRINCIPAL

Peso galo: Juan Archuleta x Sergio Pettis – Luta pelo cinturão

Peso meio-pesado: Anthony Johnson  x José Augusto ‘Gugu’

Peso leve: Patricky ‘Pitbull’ x Peter Queally

Peso casado: Derek Anderson x Michael Page

CARD PRELIMINAR

Peso galo: Raufeon Stots derrotou Joshua Hill na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso médio: Lorenz Larkin derrotou Rafael Carvalho na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso galo: Patchy Mix finalizou Albert Morales com um katagatame a 2m40s do R3

Peso médio: Johnny Eblen derrotou Daniel Madrid por nocaute 2m44s do R1

Peso galo: Johnny Campbell  finalizou Henry Corrales com um mata-leão a 4m12s do R2

Peso pena: Johnny Soto derrotou Weber Almeida na decisão unânime dos juízes (29-27, 29-28, 29-28)

Peso galo: Erik Perez derrotou Blaine Shutt na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-27)

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments