Weili Zhang espera revanche contra Rose Namajunas e detalha clima hostil no UFC 261 | SUPER LUTAS

Weili Zhang espera revanche contra Rose Namajunas e detalha clima hostil no UFC 261

Disposta a ‘dar o troco’, ex-campeã chinesa diz que deseja volta a enfrentar a norte-americana em local neutro

W. Zhang estava invicta no Ultimate antes da derrota para R. Namajunas. Foto: Reprodução/Instagram

Duas semanas depois de perder o cinturão dos palhas (até 52,1kg.), Weili Zhang segue refletindo sobre o combate no UFC 261. A chinesa, que enfrentou Rose Namajunas no evento, falou sobre a atmosfera hostil em Jacksonville (EUA) e aponta para a ‘perda de foco’ como um fator predominante para o resultado.

Veja Também

“Na última luta contra a Joanna (Jedrzejczyk), embora ela tenha treinado na América, ela não é norte-americana. Portanto, estávamos em um nível de igualdade e nenhuma foi vaiada. Desta vez, a Rose estava em casa e, quando apareci no evento, as vaias foram muito altas. Foi a primeira vez que passei por essa situação. E eu não esperava que fosse tão sério. Mesmo se ela tivesse 70% do público ao seu lado e apenas uma pequena parte do meu lado, não teria sido tão alto. Quando minha música começou a tocar antes mesmo de eu aparecer, ela já estava alta. Eu não conseguia nem ouvir o árbitro ou meu treinador”, relatou Zhang em entrevista à imprensa chinesa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Disposta a dar uma resposta rápida, Weili Zhang deseja recuperar o título da categoria. Agora, se conseguir uma revanche imediata contra Rose Namajunas, a esperança é que o combate aconteça em ‘local neutro’, como Abu Dhabi.

“Ela definitivamente não virá (para a China). Estou esperando por ela desde julho do ano passado, depois que ela se recuperou da luta anterior. Queria lutar com em dezembro, em Abu Dhabi. Eu disse: ‘Não vamos lutar na China, não nos EUA. Vamos encontrar uma cidade como Abu Dhabi em um país neutro para que seja justo para ambas as partes’.”, continuou a chinesa.

Com a derrota para Namajunas no UFC 261, Zhang foi derrotada pela primeira vez no Ultimate. Contratada em 2018, a atleta chinesa emendou cinco vitórias seguidas na organização. A lutadora de 31 anos possui um cartel de 21 triunfos e dois reveses.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments