'Gugu' confirma lesão no meio da luta e comenta 'quase nocaute' em Johnson com apenas uma mão | SUPER LUTAS

‘Gugu’ confirma lesão no meio da luta e comenta ‘quase nocaute’ em Johnson com apenas uma mão

Substituto de Yoel Romero no Bellator 258, brasileiro lamenta derrota, mas afirma ter recebido elogios após duro confronto

A. Johnson (esq.) quase foi surpreendido por J. Augusto ‘Gugu’ no Bellator 258. Foto: Divulgação/Bellator

Depois de topar enfrentar, de última hora, uma das grandes apostas do Bellator para a temporada, José Augusto ‘Gugu’ tem, sim, o que comemorar. Derrotado pelo norte-americano no torneio dos meio-pesados (até 93kg.), o brasileiro esteve próximo da vitória e deu trabalho enquanto pôde ao rival. Por meio de sua assessoria, o baiano revelou ter sofrido uma lesão na mão no meio do confronto, mas, ainda assim, chegou perto de bater o adversário.

Veja Também

“Acho que fui bem dentro do possível, mas poderia ter feito melhor. Após a luta fiquei muito chateado, mas já estou mais calmo. Ali no final eu fiquei muito empolgado pra finalizar a luta, acho que poderia ter escolhido melhor os golpes ou mandado ele se levantar pra tentar nocautear em pé. Não consegui pegar no mata-leão porque faltou força na mão. Fui com muita sede ao pote e não botei os ganchos. Após a luta fui muito elogiado, e fiquei muito grato com isso. Mas não foi como eu queria, pois eu entrei nessa luta pra sair com a vitória. Mas Deus sabe de todas as coisas”, disse o lutador de 29 anos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para o duelo contra Johnson, ‘Gugu’ teve menos de duas semanas para se preparar. O baiano havia estreado no Bellator há pouco mais de um mês, na vitória sobre Jonathan Wilson. Disposto a assumir o lugar de Romero, o brasileiro topou fazer a luta mais importante de sua vida, até o momento.

No confronto, Augusto chegou perto de chocar o mundo ainda no primeiro round. O atleta conseguiu derrubar o norte-americano com um golpe singular, mas não conseguiu liquidar a fatura, muito por conta da lesão na mão.

Depois de se recuperar, Anthony voltou disposto a se recuperar do prejuízo na segunda etapa. Antes dos dois minutos, o atleta surpreender o brasileiro e conseguiu um nocaute e retomou a carreira após mais de dois anos com um resultado positivo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Batido pela primeira vez no Bellator, ‘Gugu’, após o duelo, confirmou que não houve fratura na mão. Avaliado por um especialista, o baiano comemorou o fato de não ser nada grave.

“Fiz um exame na terça-feira e graças a Deus não quebrei a mão. Tive uma lesão no ligamento, mas o médico acredita que com a fisioterapia eu já possa voltar a socar daqui um mês. Em 20 dias retornarei para uma nova avaliação”, finalizou.

Com o triunfo sobre o brasileiro, Anthony avançou para a próxima fase na disputa do torneio da categoria até 93kg. O campeonato, além do cinturão, entrega ao vencedor um prêmio de US$1 milhão (cerca de R$5,3 milhões).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments