Ex-lutador do Ultimate é condenado a oito anos e seis meses de prisão por sequestro e extorsão na Rússia | SUPER LUTAS

AO VIVO

Assista o UFC 263 com Deiveson e Adesanya defendendo seus cinturões

Ex-lutador do Ultimate é condenado a oito anos e seis meses de prisão por sequestro e extorsão na Rússia

O caso ocorreu em novembro de 2019; na ocasião, Dmitriy Sosnovskiy e outros quatro cúmplices teriam sequestrado e ameaçado de morte um empresário

D. Sosnovskiy lutou apenas uma vez no Ultimate, quando derrotou M. Godbeer . Foto: Reprodução/Instagram @dmitriy_sosnovsky_ufc

O ex-lutador peso pesado do Ultimate, Dmitriy Sosnovskiy, foi condenado a oito anos e seis meses de prisão por crime de extorsão mediante sequestro, em Moscou (RUS). De acordo com o processo, o réu e outros quatro cúmplices sequestraram um empresário, levando-o à força para um escritório. A informação foi divulgada pela Agência de Notícias Russa ‘TASS’.

Veja Também

O caso ocorreu em novembro de 2019.  No local, eles teriam cobrado uma dívida de cerca de 400 mil rublos (cerca de 29 mil reais, na cotação atual) e fizeram ameaças de assassinato. Posteriormente, a vítima conseguiu escapar e reconheceu os sequestradores.

Um ano e seis meses depois do ocorrido, o tribunal anunciou a condenação aos envolvidos no crime.

“O tribunal condenou Mamatkulov a nove anos e seis meses de prisão, Sosnovsky e Gladkov a oito anos e seis meses de prisão”, disse a chefe do serviço de imprensa da promotoria da capital, Lyudmila Nefedova.

Sosnovskiy, de 31 anos, está invicto na sua carreira como profissional das artes marciais mistas. Com estreia no esporte em outubro de 2012, o combatente realizou sua primeira apresentação pelo UFC em março de 2018. Na ocasião, o russo derrotou Mark Godbeer por finalização no segundo round em combate válido pelo UFC Londres. Em 11 triunfos em sua trajetória como lutador profissional, Dmitriy soma seis nocautes, três finalizações e uma vitória por pontos.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments