Após derrota no UFC 262, Michael Chandler acredita não estar longe de uma nova disputa de título | SUPER LUTAS

Após derrota no UFC 262, Michael Chandler acredita não estar longe de uma nova disputa de título

Norte-americano afirmou que uma vitória sobre um top-5 da divisão pode o colocar novamente em um duelo pelo cinturão dos leves

M. Chandler disputou o cinturão dos leves no UFC 262. Foto: Reprodução/Instagram

Mesmo com a derrota sofrida para Charles do Bronx no UFC 262 no último sábado (15), Michael Chandler acredita que não está longe de disputar novamente o cinturão dos leves (até 70,3kg). O norte-americano mostrou confiança nas suas habilidades e afirmou que caso vença alguém do top-5 poderá ter outra oportunidade de lutar pelo título da divisão.

Veja Também

“Eu acredito que estarei lutando pelo título mundial novamente até o primeiro trimestre do próximo ano. Na segunda feira, o UFC me ligou e disse: ‘Mantenha a cabeça erguida. Foi uma luta fenomenal. Você quase venceu o campeão mundial. Nós vamos te dar um um cara do top-5′”, declarou Chandler.

Apesar de já pensar em uma nova disputa de título mesmo com a derrota recente para Do Bronx, Michael afirmou que pretende descansar um pouco e fazer uma pequena pausa dos combates.

“Tenho muitas lutas divertidas pela frente mas quero tirar um tempo de folga. Não faço nada além de trabalhar desde setembro, quando assinei com o UFC, e acho que alguns meses longe dos treinos de MMA serão bons. Mas vou manter meu condicionamento e continuar cuidando do meu corpo”, finalizou o peso leve.

Atual número quatro do ranking dos leves, Michael Chandler possui uma vitória e uma derrota no Ultimate. Após estrear com um nocaute no primeiro round sobre Dan Hooker em janeiro desse ano, o norte-americano foi derrotado por Charles do Bronx na disputa do cinturão da categoria no último dia 15.  O combatente possui um cartel de 22 triunfos e seis reveses no MMA profissional.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments