Companheiro de equipe de Cory Sandhagen acusa TJ Dillashaw de espionagem | SUPER LUTAS

Companheiro de equipe de Cory Sandhagen acusa TJ Dillashaw de espionagem

Justin Wetzell, parceiro de treinos do 'Sandman' acusou o ex-campeão dos galos de enviar lutadores para espionar as sessões de treinamento do seu oponente

T. Dillashaw deve entrar em ação ainda em 2021. Foto: Reprodução/Instagram @tjdillashaw

O confronto entre TJ Dillashaw e Cory Sandhagen previsto para o dia 24 de julho ganhou uma ‘pimenta’ a mais nos bastidores. O companheiro de treinos do ‘Sandman‘, Justin Wetzell acusou o ex-campeão dos galos (até 61,2kg) de enviar atletas de sua academia para espionar os treinos do seu adversário. A declaração foi dada em entrevista ao canal ‘Lynch On Sports‘.

Veja Também

“Sim, ele mandou alguns alunos da academia de Duane Ludwig (treinador principal de TJ) vir em nosso treino de sparring. Eu não estava lá naquele dia, mas ouvi essa história de outras pessoas. Quando Cory entrou para lutar, eles puxaram seus telefones e começaram a gravar. Mais tarde, descobrimos alguns deles até postaram no Instagram, então foi isso”, acusou Justin.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O companheiro de treinos de Cory mostrou-se surpreso com a atitude de Dillashaw mas afirmou que isso não irá interferir no resultado da luta.

“Um pouco surpreendente que TJ peça para a sua equipe nos espionar. Eu não sei que tipo de homem ele é mas não acho que isso vá ajudá-lo”, finalizou Wetzell.

O duelo entre Cory Sandhagen e TJ Dillashaw será a luta principal do UFC Las Vegas 32 programado para o dia 24 de julho. O duelo será válido pela divisão dos galos e ainda não tem local definido. O confronto marca o retorno ao octógono do ex-líder da categoria após dois anos de suspensão por doping.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments