Em duelo equilibrado, Gleison Tibau supera Rory MacDonald na decisão dividida dos juízes | SUPER LUTAS

Em duelo equilibrado, Gleison Tibau supera Rory MacDonald na decisão dividida dos juízes

Brasileiro e canadense travam luta agitada durante 15 minutos na luta principal do espetáculo

G. Tibau derrotou R. MacDonald na decisão dividida. Foto: Reprodução/Twitter

Na noite desta quinta-feira (17), na luta principal da quinta edição da PFL em 2021, o veterano Gleison Tibau derrotou Rory MacDonald na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28). O combate, que aconteceu em Atlantic City (EUA), foi marcado por muito equilíbrio e, após três rounds, o brasileiro conquistou a vitória mais importante de sua carreira.

Veja Também

Aos 37 anos Gleison Tibau fez sua 51ª luta como profissional. Profissional desde 1999, o brasileiro tem um cartel de 36 resultados positivos e 15 negativos.

Com o resultado, MacDonald, de 31 anos, sente o sabor de sua sétima derrota na carreira. Ele também tem 23 vitórias e um empate. Ainda assim, o canadense está classificado às semifinais do torneio.

A LUTA

No primeiro round, tudo aconteceu. Rory MacDonald foi o primeiro a tocar. Ele conectou um direto em Gleison Tibau, que entrou com uma esquerda de resposta. O canadense, em seguida, aplicou um chute que atingiu a linha da cintura de seu oponente. Empolgado, o brasileiro seguiu com jabs e direto, mas acabou recebendo um dedo no olho. No mesmo instante, inclusive, ele gritou de dor no decágono. Porém, após análise do médico, a luta foi reiniciada em seu melhor nível. Ambos os lutadores partiram para a trocação franca, até que MacDonald esgrimou no clinch. Com vantagem na altura, Rory atacou Gleison no centro do cage e entrou em queda. O canadense logo chegou às costas, mochilou e tentou, sem sucesso, um mata-leão.

O segundo assalto voltou ainda mais movimentado, quando MacDonald partiu com tudo nas pernas de Tibau. Experiente, o brasileiro conseguiu administrar a situação e saiu da pegada. Com luta no centro do decágono, o canadense seguia fintando o ataque nas pernas, mas o brasileiro o frustrou em todas as tentativas. Rory acertou um chute alto no rosto de Gleison, que, apesar de parecer sentir, se manteve intacto. Nos segundos finais, Tibau foi para cima e conectou um bom cruzado, que fez seu adversário recuar.

A terceira e última etapa foi marcada por grande entrega entre os combatentes. MacDonald tentou uma queda, que foi defendida por Tibau. Em um dos movimentos, o canadense voltou a atingir o olho do brasileiro. Na volta, o ex-campeão do Bellator tentou outra queda, mas viu seu adversário fazer a defesa. Rory ainda conectou outros dois bons golpes, mas não conseguiu o suficiente para se sagrar vencedor no combate.

Resultados do PFL 5 2021

CARD PRINCIPAL

Peso meio-médio: Gleison Tibau derrotou Rory MacDonald na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso meio-médio: Ray Cooper III derrotou Nikolai Aleksakhin na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso meio-pesado: Emiliano Sordi e Dan Spohn empataram decisão unânime dos juízes (28-28, 28-28, 28-28)

Peso meio-pesado: Chris Camozzi derrotou Cezar Mutante na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-27, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso meio-pesado: Antônio Cara de Sapato x Vinny Pezão terminou sem resultado (No Contest) a 2m45s do R1 por um golpe ilegal aplicado por Sapato em Pezão

Peso meio-pesado: Cory Hendricks finalizou Marthin Hamlet com um mata-leão a 4m09s do R3

Peso meio-médio: João Zeferino finalizou Jason Ponet com um katagatame a 2m16s do R2

Peso meio-médio: Magomed Magomedkerimov finalizou Curtis Millender com um ‘estrangulamento ezekiel a 1m57seg. do R1

Peso meio-pesado: Tom Lawlor derrotou Jordan Young na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso-meio-médio: Sadibou Sy derrotou Aleksei Kunchenko na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Escute o Podcast SUPER LUTAS #22 com a partipação do árbitro Flávio Almendra

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments