Cara de Sapato aplica joelhada ilegal em Vinny Magalhães e luta termina 'sem resultado' na PFL 5 | SUPER LUTAS

Cara de Sapato aplica joelhada ilegal em Vinny Magalhães e luta termina ‘sem resultado’ na PFL 5

Paraibano tentava desferir golpes junto à grade, mas acertou a genital do carioca, que não se recuperou e viu o árbitro decretar o fim do duelo

C. de Sapato acertou joelhada ilegal em V. Magalhães. Foto: Reprodução/YouTube

O combate entre brasileiros no card preliminar da quinta edição da PFL em 2021, realizada nesta quinta-feira (17), terminou com um desfecho inesperado. No primeiro round, Antônio Cara de Sapato acabou desferindo uma joelhada ilegal na genital de Vinny Magalhães, que não teve condições de seguir no combate.

Veja Também

Com isso, Cara de Sapato foi a sete pontos e conseguiu se classificar aos playoffs dos meio-pesados (até 93kg.) da PFL. O paraibano sai com um retrospecto de 11 resultados positivos, cinco negativos e duas lutas sem resultado.

Por outro lado, Vinny Magalhães saiu zerado e, agora, se despede do torneio. O ‘Pezão’, como é conhecido, tem um cartel de 19 triunfos, 12 reveses e dois ‘no contest’.

A LUTA

O combate começou com muito estudo entre os combatentes. A primeira boa iniciativa foi dada por Cara de Sapato, que trabalhou combinações no boxe que atingiram em cheio Vinny Magalhães.

No meio do duelo, o paraibano investiu na pegada da grade para derrubar, mas acertou uma joelhada ilegal no carioca. Vinny tentou se recuperar, mas sentiu muitas dores em sua genital e não conseguiu voltar.

João Zeferino finaliza com um katagatame e se classifica aos playoffs

J. Zeferino finalizou J. Ponet no segundo round. Foto: Reprodução/Instagram

Deu jiu-jitsu brasileiro. Primeiro representante tupiniquim no card preliminar, João Zeferino finalizou Jason Ponet e confirmou a classificação à próxima fase do torneio dos meio-médios (até 77kg.). Com oito pontos, ele assume a liderança momentânea e assegurou sua vaga nos playoffs.

O brasileiro já iniciou o round pressionando o francês, mas recebeu um cruzado que acabou desequilibrando. Ainda assim, ele conseguiu se segurar da pressão inicial e, na reta final, quedou seu adversário. Já no segundo assalto, Zeferino logo levou o combate ao solo e, com calma, pegou seu adversário no katagatame.

Agora, João Zeferino garante sua quinta vitória seguida. Atualmente, o catarinense conta com um cartel de 26 triunfos e nove reveses. Por outro lado, Jason Ponet sente o ‘sabor amargo’ de seu 14º resultado negativo. Ele também tem 20 positivos.

RESULTADOS DA PFL 5 2021

CARD PRINCIPAL

Peso meio-médio: Gleison Tibau derrotou Rory MacDonald na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso meio-médio: Ray Cooper III derrotou Nikolai Aleksakhin na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso meio-pesado: Emiliano Sordi e Dan Spohn empataram decisão unânime dos juízes (28-28, 28-28, 28-28)

Peso meio-pesado: Chris Camozzi derrotou Cezar Mutante na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-27, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso meio-pesado: Antônio Cara de Sapato x Vinny Pezão terminou sem resultado (No Contest) a 2m45s do R1 por um golpe ilegal aplicado por Sapato em Pezão

Peso meio-pesado: Cory Hendricks finalizou Marthin Hamlet com um mata-leão a 4m09s do R3

Peso meio-médio: João Zeferino finalizou Jason Ponet com um katagatame a 2m16s do R2

Peso meio-médio: Magomed Magomedkerimov finalizou Curtis Millender com um ‘estrangulamento ezekiel a 1m57seg. do R1

Peso meio-pesado: Tom Lawlor derrotou Jordan Young na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso-meio-médio: Sadibou Sy derrotou Aleksei Kunchenko na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments