Após deixar UFC, Diego Sanchez abre as portas para lutar no 'boxe sem luvas' | SUPER LUTAS

Após deixar UFC, Diego Sanchez abre as portas para lutar no ‘boxe sem luvas’

Norte-americano foi cortado da organização após 16 anos e não descarta competir no Bare Knuckle Fighting Championship (BKFC)

D. Sanchez foi cortado do UFC após 16 anos. Foto: Reprodução/Instagram

Diego Sanchez pode estar, em breve, em uma nova casa. Depois de ter seu contrato rompido com o Ultimate, onde competiu desde 2005, o norte-americano descartou a aposentadoria e abriu as portas para assinar contrato e lutar no Bare Knuckle Fighting Championship – evento de ‘boxe sem luvas’. A declaração foi dada em coletiva de imprensa para promoção da 18ª edição do ‘BKFC’.

Veja Também

“Se algum dia eu entrar no BKFC, sim, seria divertido. Eu nunca gostei muito das luvas no UFC mesmo… Então, acho que é melhor. Você tem que ser mais inteligente. Provavelmente temos que fazer uma luta de boxe primeiro, aquecer essas mãos. Mas vamos ver. Vamos manter tudo aberto”, afirmou Sanchez.

O que pode pesar a favor do ‘boxe sem luvas’ na negociação é o bom relacionamento entre Diego Sanchez e o presidente da franquia, David Feldman. Questionado sobre o assunto, o lutador fez questão de elogiar o mandatário.

“Eu gosto de Dave, e Dave é um bom homem. Ele me trouxe de avião até aqui, e não é a primeira vez que ele faz isso. Dave é um cara com palavra e eu agradeço isso”, concluiu o norte-americano.

Diego Sanchez ganhou grande notoriedade ao vencer a primeira temporada do reality show ‘The Ultimate Fighter’. Desde então, foram 32 lutas na organização com 19 vitórias e três derrotas. Em seu último combate, o veterano foi derrotado por Jake Matthews por decisão unânime no UFC 243 em setembro de 2020.

Escute o Podcast SUPER LUTAS #22 com a partipação do árbitro Flávio Almendra

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments