VÍDEO: Após vitória no UFC Vegas 30, Renato Moicano revela inspiração em Do Bronx para chegar ao cinturão | SUPER LUTAS

VÍDEO: Após vitória no UFC Vegas 30, Renato Moicano revela inspiração em Do Bronx para chegar ao cinturão

Em entrevista exclusiva ao SUPER LUTAS no Youtube, o brasiliense diz que não se importa em medir forças contra lutadores fora do ranking e cita Gillespie e Makhachev como possíveis oponentes


O sonho de ser campeão do Ultimate anima qualquer lutador e, com Renato Moicano, não é diferente. O peso leve (até 70,3kg.), que finalizou Jai Herbeth no segundo round do UFC Las Vegas 30, evento realizado no último sábado (26), revelou os caminhos que ele pensa em fazer para chegar a uma disputa de título da divisão.

Veja Também

Em entrevista exclusiva ao canal do SUPER LUTAS, o brasiliense afirma que não se preocupa em medir forças contra atletas fora do ranking da divisão. Além disso, ele se inspira na trajetória de Charles do Bronx na organização para, no futuro, também ser campeão.

“Eu parei de esperar. Eu ficava muito focado e me cobrava muito sobre as minhas performances, jeito de lutar e a forma com que as pessoas tinham que me ver. Mas hoje em dia estou preocupado somente em vencer minhas lutas. Tomara que me deem um adversário ranqueado, mas se não derem, vou continuar lutando e fazendo meu dinheiro. Me espelhei muito no Charles do Bronx, pois até ele deslanchar, teve algumas derrotas, foi ganhando ‘corpo’ e conseguiu ser campeão”, afirmou Moicano.

Antes de migrar aos leves (até 70,3kg.), Renato chegou a se aproximar de uma chance pelo título dos penas (até 65,7kg.), mas, na ocasião, perdeu para José Aldo e Zumbi Coreano. Com isso, Moicano preferiu subir de categoria, mas diz ter ficado surpreso por ter sido retirado do ranking. Ele, no entanto, já afirma estar conformado e não se importa em enfrentar outros lutadores que não aparecem entre os 15 melhores.

“Eu estava sempre ali no top-10, enfrentando ranqueados. Eu estava em sétimo nos penas e, quando mudei aos leves, eles me desranquearam e eu fiquei muito chateado com isso. Mas depois entendi que era outra categoria e tinha que começar tudo de novo. Eu aprendi que (estar no ranking) não faz diferença nenhuma e, sim, ser campeão”, desabafou o brasileiro.

SURPRESA COM HERBERT

Refletindo sobre sua primeira apresentação em 2021, Renato Moicano ficou impressionado com a qualidade de Jai Herbert. O brasileiro, que finalizou no segundo round com um mata-leão, destacou que o inglês trazia um jogo diferente na trocação que o deixou receoso.

“Eu não posso dizer que ele surpreendeu, porque eu estava consciente de que ele era um bom striker. Mas, na hora da luta, eu fiquei receoso por causa da velocidade dele em pé. Ele era muito rápido e se movimentava de um jeito estranho. Geralmente eu não tenho problemas com srikers, mas esse cara me deixou meio receoso. O plano era jogar para baixo, mesmo”, conta o brasiliense.

E O PRÓXIMO PASSO?

Se outros lutadores podem evitar determinados confrontos, não se deve dizer o mesmo sobre Renato Moicano. Questionado sobre sua próxima luta no Ultimate, o lutador revela que tem apenas mais uma luta no contrato com a organização e deve negociar sua renovação antes de voltar a se apresentar. Por fim, ele ainda destaca que deseja encarar Gregor Gillespie e cita Islam Makhachev como possível oponente.

“Gostaria muito de lutar contra o Gregor Gillespie. Sei que é um cara que muita gente evita, né? Então, acho que as lutas que a galera evita são as mais fáceis de conseguir. Eu também falava do (Islam) Makhachev. Mas no momento, só tenho uma luta de contrato com o UFC. Então, primeiro vou ter que renover para ver quem será meu adversário. Estou bem tranquilo, não me machuquei e pronto para voltar em breve”, finalizou.

HISTÓRICO DO ATLETA

Profissional desde 2010, Renato Moicano chegou invicto em dez lutas para sua estreia no Ultimate, que aconteceu em 2014. Desde então, o brasiliense passou por ‘altos e baixos’ na organização e, agora, conta com um cartel de 15 resultados positivos, quatro negativos e um empate.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments