Renato Moicano diz que Do Bronx poderia vencer Khabib e cita McGregor como 'uma luta melhor' para brasileiro | SUPER LUTAS

Renato Moicano diz que Do Bronx poderia vencer Khabib e cita McGregor como ‘uma luta melhor’ para brasileiro

Em entrevista exclusiva ao canal do SUPER LUTAS no YouTube, Moicano elogia trajetória do campeão no UFC e analisa divisão dos leves

Peso leve (até 70,3kg.) do UFC, Renato Moicano é fã confesso de Charles do Bronx por sua trajetória rumo ao título da divisão. Ele, inclusive, diz que se inspira no compatriota para conseguir o mesmo êxito na organização. Em entrevista exclusiva ao canal do SUPER LUTAS, Moicano falou sobre os próximos passos de Do Bronx na divisão dos leves, após derrotar Michael Chandler.

Veja Também

Para ele, o brasileiro tinha tudo que era preciso para tirar a invencibilidade de Khabib Nurmagomedov no MMA, caso o russo não tivesse se aposentado.

“A categoria dos leves é sempre difícil. Qualquer um pode tirar o cinturão de qualquer um. Eu acho que o Charles era um cara que poderia ganhar do Khabib, se ele tivesse se aposentado. A probabilidade de ele perder seria maior, mas acho que ele tinha o que era preciso para vencer”, disse Renato Moicano.

A inspiração de Renato Moicano por Do Bronx também pode ser explicada pelo tempo que o campeão demorou para se tornar campeão do Ultimate. Ele ressalta que Charles quase não teve nenhum apoio financeiro em sua trajetória, mas conseguiu chegar no topo da divisão.

“Estou muito feliz. Imaginei que ele ganharia do Chandler pelo retrospecto, a vontade. Ele é um cara muito mais habilidoso que o Chandler e mais alto. Sabia que a luta seria toda a favor do Charles. Ele está vindo de uma fase tremenda e é muito bom para o Brasil, que está voltando a figurar no MMA com a nova geração. Está crescendo e vamos chegar em um ponto bom de novo (…) eu fico muito admirado com o Charles do Bronx. Ele é um cara que realmente saiu ‘do nada’. E as pessoas não saber o quanto é difícil chegar no UFC, pois é pouca gente. Agora você imagina um cara desse ter quase nenhum apoio financeiro, patrocínio e nada”, destacou o brasileiro.

McGregor ou Dustin Poirier?

Apontada, por muitos, como a maior trilogia da história do esporte, a luta entre Conor McGregor e Dustin Poirier também foi analisada por Renato Moicano. O atleta conta que chegou a assistir ao ‘segundo capítulo’ do combate recentemente e apontou o irlandês como uma ‘luta mais fácil’ para a primeira defesa de Charles do Bronx no UFC.

“Eu estava assistindo a luta deles (McGregor x Dustin) no YouTube. E, antes do McGregor começar a diminuir, ele parecia bem. Tem um alcance de mão muito bom. Mas, ao mesmo tempo, não senti aquela vontade dele. É difícil dizer, realmente ele não tenha a mesma motivação para treinar e lutar depois de tudo que ele conquistou. Eu acho que McGregor é uma luta melhor para o Charles do Bronx”, finalizou.

Além de ser campeão dos leves (até 70,3kg.), Charles do Bronx também marcou história no UFC. O brasileiro contou com uma sequência de nove vitórias seguidas para conseguir conquistar o título e é o lutador que conseguiu triunfos por nocaute ou finalização (17) e mais finalizações na história da franquia (14). Agora, ele espera o desfecho da trilogia entre McGregor e Poirier para conhecer, provavelmente, seu próximo adversário.

Escute o Podcast SUPER LUTAS #22 com a partipação do árbitro Flávio Almendra

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments