Diego Brandão finaliza e Mousasi espanta a zebra no UFC Suécia 2

Brasileiro não tomou conhecimento de Pablo Garza e Mousasi bateu Ilir Latifi

Diego Brandão faz história e é o primeiro brasileiro a vencer o The Ultimate Fighter. Foto: Josh Hedges

D. Brandão vence P. Garza no UFC Suécia 2. Foto: Josh Hedges/UFC

Com mais uma boa luta, Diego Brandão mostrou que pode entrar no ranking dos pesos penas do Ultimate. O brasileiro finalizou o Pablo Garza no card principal do UFC Suécia 2, evento realizado na tarde deste sábado (06), em Estocolmo, e emplacou sua terceira vitória no Ultimate. Na luta principal da noite, após a contusão do protagonista Alexander Gustafsson, o armênio Gegard Mousasi não teve dificuldades para controlar a luta diante de Ilir Latifi e levar a fatura na decisão unânime dos juízes.

Mousasi espanta a zebra e vence luta principal

Sem dar chances para a zebra, Gegard Mousasi dominou o combate diante de  Ilir Latifi na trocação. Apesar de não ser contundente durante os 15 minutos de disputa, o ex-campeão do Strikeforce controlou as ações, acertou mais golpes para bater o sueco, que havia sido convocado para o duelo apenas com cinco dias de antecedência.

Latifi até tentou endurecer a disputa, mas seus golpes passavam a maioria das vezes no vazio e as tentativas de queda eram sempre bem defendidas.

No final da primeira parcial, o sueco tentou chamar Mousasi para a troca franca de golpes, mas Gegard não se exponha e soltava golpes sempre com segurança.

Ao final do combate, os três juízes laterais marcaram 30×27 para Gegard Mousasi que somou sua 34ª vitória na carreira.

Diego Brandão finaliza mais um

Rápido no gatilho, Diego Brandão emplacou mais uma vitória no MMA. O único brasileiro no card do UFC Suécia 2 encarou o Pablo Garza e não tomou conhecimento do rival. Após um início de estudo de ambos os lados, Diego não se intimidou com a maior envergadura do norte-americano, encurtou a distância para acertar dois golpes do rival. Logo em seguida, o brasileiro e levou o duelo para o chão.

A vontade na luta de solo, Diego logo passou a guarda e partiu para a finalização. Com um justo kata-gatame, ele ajustou o estrangulamento e forçou o atleta a desistir da disputa ainda no primeiro round.

O triunfo rendeu ao brasileiro sua 17ª vitória no MMA, sendo a terceira no UFC em quatro apresentações.

Ross Pearson atropela Ryan Couture

A estreia de Ryan Couture no UFC teve um sabor amargo. O filho da lenda Randy Couture não conseguiu impor seu jogo de quedas diante de Ross Pearson e acabou sofrendo com a dura trocação do lutador inglês.

Depois de um primeiro round com pequena no primeiro round, Pearson definiu a peleja na segunda parcial. Com um boxe agressivo e sempre caminhando para frente, o britânico acertou uma forte combinação em Ryan, que sentiu, mas tentou seguir na disputa. Porém, com uma nova sequência o filho de Randy Couture foi ao solo e com mais dois golpes no chão o árbitro encerrou a disputa e decretou o nocaute técnico.

Confira os resultados do UFC Suécia 2 até o momento:

Gegard Mousasi derrotou Ilir Latifi na decisão unânime dos juízes;

Ross Pearson derrotou Ryan Couture por nocaute técnico no R2;

Matt Mitrione derrotou Philip De Fries por nocaute no R1;

Brad Pickett derrotou Mike Easton na decisão dividida dos juízes;

Diego Brandão finalizou Pablo Garza comum kata-gatame no R1;

Akira Corassani derrotou Robert Peralta na decisão unânime dos juízes;

Reza Madadi finalizou Michael Johnson com um triângulo de mão no R3;

Tor Troéng finalizou Adam Cella com um mata-leão no R1;

Adlan Amagov derrotou Chris Spang na decisão unânime dos juízes;

Conor McGregor derrotou Marcus Brimage por nocaute técnico no R1;

Ryan LaFlare derrotou Ben Alloway na decisão unânime dos juízes;

Tom Lawlor finalizou Michael Kuiper com uma guilhotina no R2;

Papy Abedi derrotou Besam Yousef na decisão dividida dos juízes;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments