Rafael dos Anjos explica polêmica com McGregor e diz que 'esmagaria' irlandês em possível luta | SUPER LUTAS

Rafael dos Anjos explica polêmica com McGregor e diz que ‘esmagaria’ irlandês em possível luta

Brasileiro diz que não zombou da lesão do irlandês, mas ressalta que o ‘Notório’ está provando de seu próprio veneno

R. dos Anjos (esq.) e C. McGregor (dir.) realizaram encarada em 2016. Foto: Reprodução/Instagram

A rixa entre Rafael dos Anjos e Conor McGregor realmente reascendeu e ganhou um novo capítulo após o UFC 264. Os dois lutadores se ‘estranharam’ na pesagem do combate do irlandês contra Dustin Poirier e, posteriormente, o brasileiro publicou em suas redes sociais sobre a lesão do ‘Notório’, dando a entender que o desfecho aconteceu pelas ações do lutador em sua carreira.

Veja Também

Em entrevista ao site norte-americano ‘MMA Junkie’, Dos Anjos explicou sobre a polêmica e destacou que não comemorou a lesão de McGregor. Ele, inclusive, desejou uma pronta recuperação ao irlandês.

“Não acredito em carma. Não quero nada de mal para ele, desejo-lhe uma recuperação rápida, mas tinha que fazer isso. As pessoas ainda estão se divertindo com minha lesão. Isso é o que está me incomodando muito, porque as pessoas zombam da lesão de alguém. Eu não zombei da lesão do McGregor. É um esporte de combate. A gente se doa não só na luta, mas no treino também. Quebrei meu pé. Fiquei engessado por seis semanas e esse cara zombou de mim. Agora ele está provando seu próprio remédio”, disse Rafael.

Apesar do desfecho trágico, Dos Anjos revela que não ficou impressionado com o que viu de McGregor antes de sua lesão. O brasileiro afirmou que, caso o enfrentasse, seria ainda pior.

“Seria muito pior. Acho que meu jogo de chão é muito mais poderoso do que o de Poirier. Seria muito diferente. Conor, ele parecia tão desleixado, ele parecia muito pequeno. Eu o vi no dia da pesagem e tivemos uma pequena discussão e ele parecia muito pequeno, como um garotinho. Eu esmagaria aquele cara”, finalizou o lutador.

O brasileiro, inclusive, estava escalado como ‘reserva’ do confronto entre Poirier e McGregor no UFC 264. Dos Anjos chegou a fazer o corte de peso à espera de uma oportunidade, que não aconteceu. Ex-líder dos leves, o atleta tupiniquim possui um cartel de 30 vitórias e 13 derrotas na carreira.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments