De volta ao UFC após aposentadoria, Miesha Tate diz não ter pressa para reconquistar o cinturão | SUPER LUTAS

De volta ao UFC após aposentadoria, Miesha Tate diz não ter pressa para reconquistar o cinturão

Retornando ao octógono após quatro anos, a ex-campeão dos galos disse que pretende chegar a uma disputa de título em até três lutas

M. Tate irá medir forças contra Marion Reneau no UFC Vegas 31 Foto: Instagram

Em busca de uma nova conquista de título, Miesha Tate sabe da importância de uma vitória sobre Marion Reneau no UFC Las Vegas 31 do próximo sábado (10). Retornando após quatro anos de aposentadoria, a ‘Cupcake’ declarou que pretende chegar na disputa de cinturão em até três lutas mas afirma não ter pressa para chegar ao seu objetivo.

Veja Também

“Eu só quero começar com uma vitória no sábado. Acho que é muito importante que eu consiga esse triunfo pois eu ainda não posso olhar muito à frente, sabe? Eu sou alguém que tem objetivos de curto, médio e longo prazo. Eu sei que há uma maneira que eu gostaria que acontecesse em um mundo perfeito mas eu sei que seria difícil realizar isso”, afirmou Tate no ‘media day‘ do espetáculo.

Sonhando com um novo reinado, a ‘Cupcake’ afirmou pretende chegar a uma disputa de título em até três lutas mas afirmou o importante é ter um retorno com vitória no próximo sábado (17).

“Se eu tiver as performances que eu estou planejando ter, em até três lutas eu consigo uma disputa de título. Mas antes, eu só quero começar com uma vitória no sábado e ver como isso vai se desenrolar”, finalizou a norte-americana.

Ex-campeã dos galos (até 61,2kg) do Ultimate, Tate retorna ao octógono após quatro anos de aposentadoria. Seu último combate foi em novembro de 2016, na ocasião, a norte-americana foi derrotada por Raquel Pennington. A ‘Cupcake’ possui um cartel de 18 triunfos e sete reveses no MMA profissional.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments