Recuperação de Weidman não corresponde às expectativas e veterano confirma nova cirurgia | SUPER LUTAS

Recuperação de Weidman não corresponde às expectativas e veterano confirma nova cirurgia

Ex-campeão do Ultimate admite problemas com grave lesão sofrida no UFC 261 e passará por procedimento

C. Weidman (esq.) sofreu lesão semelhante à de Anderson Silva no UFC 261. Foto: Reprodução/Instagram

Protagonista de um dos episódios mais fortes na história recente do MMA, Chris Weidman tem mais um capítulo na complicada recuperação da grave lesão sofrida no UFC 261. Em entrevista ao ‘MMA Today on SiriusXM’, o ex-campeão do Ultimate afirmou que a reabilitação não ocorreu da forma esperada e passará por uma nova cirurgia em agosto. O veterano lamentou a situação, mas diz se manter positivo com a condição.

Veja Também

“Eu passarei por uma nova cirurgia, acabei de descobrir. Vou passar por um novo procedimento por volta de 11 de agosto. Eles (os médicos) terão que colocar uma placa no osso da fíbula, porque não houve uma consolidação. Então, os ossos não estão se curando da maneira que deveriam. É lamentável”, disse o lutador.

Fora de ação por tempo indeterminado, Weidman, no entanto, tenta se manter otimista quanto à recuperação. Sabendo que uma nova cirurgia adiará ainda mais seu sonhado retorno às atividades normais, o ex-campeão dos médios (até 83,9kg.) quer buscar forças para seguir se reabilitando.

“No fim das contas, meu pensamento é: sou uma pessoa positiva, para início de conversa. Não que eu não tenha momentos de negatividades, preguiça e déficit de motivação. Normalmente penso como um ‘copo meio cheio’. Isso ajuda. Se eu nunca sentir pena de mim mesmo, é muito fácil olhar para alguém que está pior e perceber que você não tem nada a reclamar”, encerrou.

Um dos protagonistas do UFC 261, Chris sequer teve oportunidade de competir diante de Uriah Hall. Logo no primeiro ataque, o norte-americano sofreu a lesão, que determinou o nocaute técnico (interrupção médica). O episódio vivido pelo lutador foi semelhante ao sofrido por Anderson Silva, em 2013, diante do próprio Weidman.

 Qual o futuro de Anderson Silva e Vitor Belfort no Boxe?

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments