Primo de Khabib, Usman Nurmagomedov atropela rival e mantém a invencibilidade na carreira no Bellator 263 | SUPER LUTAS

Primo de Khabib, Usman Nurmagomedov atropela rival e mantém a invencibilidade na carreira no Bellator 263

Sob os olhares da lenda do UFC, russo dá show e supera Manny Muro no card principal deste sábado

U. Nurmagomedov segue invicto em sua carreira no Bellator. Foto: Reprodução/Instagram

Sob os olhares de Khabib, Usman Nurmagomedov deu um verdadeiro show no Bellator 263, realizado neste sábado (31), em Los Angeles (EUA). Adversário de Manny Muro no card principal, o russo exibiu grande capacidade técnica e não tomou conhecimento do rival. Com atuação segura, o atleta saiu vencedor com um duro nocaute ainda no primeiro round.

Veja Também

Promessa no peso leve (até 70,3kg.) da empresa, Nurmagomedov subiu no cage para defender a invencibilidade na carreira. Antes do confronto, o russo somava 12 resultados positivos em sequência.

Com a vitória, Usman voltou a fazer valer a aposta do Bellator em seu nome. Agora, o combatente tem dois triunfos na organização e não sabe o que é perder em quatro anos de carreira.

Batido por Nurmagomedov, Muro sofreu o primeiro revés com as luvas da organização. Antes de se testar contra Nurmagomedov, o atleta tinha duas vitórias.

A luta

O confronto começou com Usman arriscando um chute frontal em Muro. Manny respondeu com um direto que raspou o rosto do russo. Após esquivar um ataque do oponente, Nurmagomedov partiu para a luta agarrada e chegou às costas do adversário. Manny tentava se proteger e Usman buscava espaço para a finalização. Muro buscava se desvencilhar, mas o russo não ‘desgrudava’ do rival. Passados três minutos de duelo, Manny conseguiu girar e ficar de pé. Usman, porém, continuava pressionando o oponente, fazendo força contra as grades. Perto do minuto final, Nurmagomedov conectou uma joelhada na linha de cintura do rival, que sentiu e caiu. Aproveitando o bom momento, o primo de Khabib seguiu golpeando o adversário com socos até que o árbitro interrompeu.

Em luta técnica, Burnell supera Sanchez

M. Burnell superou E. Sanchez no Bellator 263. Foto: Reprodução/Instagram

Na luta co-principal do espetáculo, uma aula de técnica. Ex-desafiante ao cinturão dos penas, Emmanuel Sanchez teve trabalho e não conseguiu dominar Mads Burnell. Após três rounds disputados, o veterano acabou derrotado na decisão unânime dos juízes.

Com o resultado, Sanchez sofreu o segundo resultado negativo em sequência, algo inédito em sua carreira. Além de perder o duelo, Emmanuel deverá perder a segunda posição no ranking dos penas (até 65,7kg.).

Vitorioso no embate, Mads provou suas qualidades e triunfou no maior desafio de sua carreira até o momento. O tento fará com que o norte-americano dê um salto importante no grupo. Antes do confronto, o combatente figurava na oitava colocação.

Pupilo de Khabib tem trabalho, mas vence em estreia

I. Mamedov (dir.) derrotou B. Primus (esq.) no Bellator 263. Foto: Reprodução/Twitter @BellatorMMA

Pupilo de Khabib Nurmagomedov, Islam Mamedov não teve vida fácil em sua estreia no Bellator. Representante dos leves (até 70,3kg.), o russo fez luta pragmática diante de Brent Primus. Em confronto marcado pela técnica, o atleta saiu vitorioso diante do norte-americano na decisão dividida dos juízes.

Sob os olhares da lenda do UFC, Mamedov atingiu uma marca expressiva com o resultado positivo. O atleta ampliou sua série invicta para 19 triunfos. O lutador não perde desde 2009, quando foi nocauteado por Alexander Sarnavskiy.

Com derrota, Primus acabou tendo uma sequência de dois triunfos interrompidos. O combatente não perdia desde o revés para Michael Chandler, em 2018, pelo cinturão dos leves.

Resultados do Bellator 263

CARD PRINCIPAL

Peso pena: A.J. McKee finalizou Patricio Pitbull com uma guilhotina a 1m57s do R1 – Luta pelo cinturão e final do GP dos penas

Peso pena: Mads Burnell derrotou Emmanuel Sanchez na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso leve: Usman Nurmagomedov derrotou Manny Muro por nocaute técnico a 3m30s do R1

Peso leve: Islam Mamedov derrotou Brent Primus na decisão dividida dos juízes (29-28-29, 29-28)

Peso leve: Goiti Yamauchi derrotou Chris Gonzalez por nocaute técnico 3m53s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso mosca: Vanessa Porto  derrotou Ilara Joanne na decisão majoritária dos juízes (28-28, 29-27, 29-28)

Peso casado: Gadzhi Rabadanov derrotou Daniel Carey por nocaute técnico a 3m57 do R1

Peso pena: Khasan Magomedsharipov derrotou Jonathan Quiroz por nocaute técnico a 4m21s do R2

Peso casado: Joshua Jones derrotou Johnny Cisneros por nocaute técnico a 4m15s do R2

Peso leve: Georgi Karakhanyan finalizou Kiefer Crosbie com um katagatame a 4m25s do R1

Peso galo: Brian Moore derrotou Jordan Winski na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-26)

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments