TJ Dillashaw ‘ignora’ possível duelo contra José Aldo e projeta chance pelo título dos galos

Norte-americano, que está em recuperação de uma lesão no joelho, quer luta pelo cinturão no início de 2022

T. Dillashaw quer o cinturão dos galos. Foto: Reprodução/Instagram

Ex-campeão, TJ Dillashaw falou sobre um possível duelo contra José Aldo na divisão dos galos (até 61,2kg.), após o brasileiro desafiá-lo na entrevista pós-luta contra Pedro Munhoz, no UFC 265 do último sábado (7). O norte-americano, no entanto, adiantou que está tratando de uma lesão em seu joelho e afirmou interesse apenas em uma disputa de cinturão.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Tive uma rupitura no menisco lateral, medial e no Ligamento Cruzado Posterior. Estou feliz por não ter sido o Ligamento Cruzado Anterior. Estou feliz com os resultados e estou prevendo uma recuperação de três meses até voltar a treinar, (então) lutar pelo título no início do ano que vem”, disse Dillashaw à Brendan Schaub, em programa do Ultimate.

Aos 35 anos, TJ Dillashaw é reconhecido como um dos melhores pesos galos (até 61,2kg.) da história do Ultimate e chegou a ser campeão em duas oportunidades. Depois de ficar suspenso por dois anos por doping pela USADA (Agência Antidopagem dos EUA), o norte-americano venceu Cory Sandhagen na decisão dividida dos juízes, na luta principal do UFC Las Vegas 32.

PUBLICIDADE:

Por outro lado, José Aldo vive seu melhor momento na categoria, desde que desceu dos penas (até 65,7kg.). O brasileiro, que venceu Pedro Munhoz no segundo combate mais importante do UFC 265, emplacou sua segunda vitória seguida com uma boa atuação e já pensa em se aproximar de uma nova chance pelo título de sua nova divisão.

Podcast #75: Superaquecimento para o UFC 278 com Aldo, Borrachinha e Usman



Comentários

Deixe um comentário