Oscar De La Hoya confirma caso positivo para COVID-19 e lamenta saída de luta contra Vitor Belfort | SUPER LUTAS

Oscar De La Hoya confirma caso positivo para COVID-19 e lamenta saída de luta contra Vitor Belfort

Pugilista estava no card do dia 11 de setembro, mas precisou se retirar após teste de detecção do coronavírus; ele se manifestou sobre o caso em suas redes sociais

O. De La Hoya está no hospital após testar positivo para COVID-19. Foto: Reprodução/Instagram

Escalado para enfrentar Vitor Belfort no ‘Triller Fight Club’, Oscar De La Hoya viu sua participação na luta principal do dia 11 de setembro ser cancelada quase uma semana antes do show, após testar positivo para COVID-19. Em sua conta oficial no ‘Instagram’, o pugilista publicou um vídeo no hospital, relatou que está vacinado e projetou volta aos ringues no final deste ano.

Veja Também

“Eu gostaria que vocês soubessem que, ainda que eu esteja vacinado, peguei COVID e não conseguirei lutar no próximo final de semana. A preparação para este retorno tem sido tudo para mim nos últimos meses, e quero agradecer a todos por seu tremendo apoio. No momento, estou no hospital recebendo tratamento e estou confiante de que estarei de volta ao ringue antes do final do ano. Deus abençoe a todos e fiquem seguros”, escreveu De La Hoya.

Com a saída do ‘Garoto de Ouro’, o evento agiu rápido e optou em substituí-lo por Evander Holyfield. Agora, o ex-rival de Mike Tyson é um dos protagonistas da noite e faz o evento principal contra Vitor Belfort.

Em sua carreira no boxe, De La Hoya conta com um cartel de 39 vitórias e seis derrotas como profissional. Além disso, o norte-americano também já conseguiu se sagrar medalhista de ouro olímpico nos jogos de Barcelona, em 1992. Ele não atua desde dezembro de 2008, quando foi superado por Manny Pacquiao na decisão dos juízes.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments