Após entrada de Evander Holyfield, ‘Triller Fight Club’ muda de local e será disputado na Flórida

Evento estava inicialmente marcado para Los Angeles, mas precisou ser mudado após a Comissão Atlética do Estado não autorizar a presença do norte-americano no show

E. Holyfield (esq.) e V. Belfort (dir.) se enfrentam na luta principal da noite. Foto: Reprodução/Twitter

Mudança de planos para o ‘Triller Fight Club’ do próximo sábado (11). A organização do show anunciou que o evento, agora, será realizado na Flórida, nos Estados Unidos. Inicialmente, a edição aconteceria em Los Angeles, porém, a Comissão Atlética do Estado não sancionou a entrada de Evander Holyfield, que substitui Oscar De La Hoya na luta principal da noite contra Vitor Belfort.

PUBLICIDADE:

Veja Também

O anúncio do novo local ocorreu nas redes sociais da companhia, que enfatizou as presenças de Holyfield e Belfort na peleja, que será de oito rounds de dois minutos. Ainda não se sabe, no entanto, se o combate será profissional ou apenas uma luta de exibição.

Além de Evander e Vitor, outro importante duelo está programado como o segundo mais importante da noite. Lendas do MMA, Anderson Silva e Tito Ortiz também medem forças no ‘Triller Fight Club das Lendas II’. David Haye x Joe Fournier e Andy Vences x Jono Carroll são os outros embates no card.

PUBLICIDADE:

Evander Holyfield, de 58 anos, retornará aos ringues após mais de 11 anos. Em sua última apresentação, que ocorreu em abril de 2010, o norte-americano superou Brian Nelson por nocaute. Porém, com o retorno de seu antigo arquirrival Mike Tyson, Evander admitiu o desejo de seguir os passos de voltar aos ringues.

Profissional desde 1996, Vitor Belfort é apontado, por muitos, como um dos maiores lutadores da história do MMA e conta com um cartel de 26 vitórias, 14 derrotas e uma luta sem resultado na carreira. Aos 44 anos, o ‘Fenômeno’ já realizou um combate profissional de boxe e, em 2006, nocauteou Josemario Neves.

PUBLICIDADE:

Podcast #45: Volkanovksi sem desafiante e brasileiros no 1º UFC do ano



Comentários

Deixe um comentário