Após erro primário de Romero, Scott Coker admite dar luta de cinco rounds ao veterano

Presidente do Bellator isenta cubano de culpa por confusão no duelo contra Phil Davis e afirma que lutas principais podem seguir modelo do UFC

S. Coker isentou Y. Romero de culpa por erro no Bellator 266. Foto: Reprodução/Instagram

De olho na luta principal do Bellator 266, realizado neste sábado (18), Scott Coker isentou Yoel Romero de qualquer culpa pela confusão quanto a quantidades de rounds no duelo contra Phil Davis. Em entrevista coletiva após o evento, o presidente da organização disse compreender o equívoco do veterano, que supostamente acreditava que o confronto teria cinco assaltos. O ‘chefão’ ainda admitiu a chance de o cubano atuar por 25 minutos em seu próximo compromisso.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu soube que ele estava com isso na cabeça (que seriam cinco rounds). Não posso condená-lo. Ele se apresentou muitas vezes em confrontos de cinco rounds, mas essa era uma luta de três. Talvez, no próximo compromisso, ele seja escalado para cinco rounds”, afirmou Coker.

A confusão de Romero pode ter se dado por uma confusão por seus anos de UFC. Na concorrente, presidida por Dana White, todos os atletas escalados para as lutas principais, independente se haja disputas de cinturão – ou não – são dispostos em um embate com previsão de 25 minutos.

PUBLICIDADE:

Ainda fora dos moldes que marcam o Ultimate, Scott, porém, afirmou que o Bellator pode alterar suas regras em breve. Sem cravar quando, o mandatário falou sobre o assunto.

“Nós ainda não queremos fazer a mudança, mas, talvez, em algum momento, vocês verão isso. Uma vez que tomarmos essa decisão, não terá mais volta”, garantiu.

PUBLICIDADE:

Dominado por Phil Davis durante boa parte do embate, Romero surpreendeu com sua reação logo após o fim do terceiro round. Visivelmente indignado, o atleta chegou a se voltar para a plateia sinalizando o número de rounds e declarando que não sabia a regra para o embate.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?