Mesmo batido em estreia, Romero pode disputar cinturão pelo Bellator na sequência, diz presidente

Dominado por Phil Davis no último sábado, veterano pode voltar aos médios e enfrentar vencedor de Gegard Mousasi e Austin Vanderford

P. Davis (esq.) se esquiva de chute desferido por Y. Romero (dir.) no Bellator 266. Foto: Reprodução/Instagram

A derrota dominante de Yoel Romero para Phil Davis no Bellator 266 não abalou a moral do veterano com a organização. Ainda crente em um retorno na aposta feita com a contratação do cubano, o presidente da empresa, Scott Coker afirmou que o atleta pode disputar um cinturão na sequência, mesmo perdendo em sua estreia. O duelo, diferente do último sábado (18), seria nos médios (até 83,9kg.).

PUBLICIDADE:

Veja Também

“No começo do próximo ano, Gegard (Mousasi) vai estar ocupado enfrentando Austin (Vanderford). Se abrir uma brecha e ele (Romero) quiser descer, enfrentando o vencedor daquela luta, adoraríamos isso também. Temos muitas opções empolgantes para Romero e estou animado para tirá-las do papel”, disse o mandatário, em coletiva após o show do último fim de semana.

Contratado pelo Bellator em dezembro de 2020, Yoel deveria fazer sua estreia contra outro antigo representante do Ultimate. O escolhido, inicialmente, era Anthony Johnson, mas uma falha em um exame médico forçou o veterano a deixar o confronto e, consequentemente, o torneio dos meio-pesados (até 93kg.) do qual seria uma das estrelas.

PUBLICIDADE:

Com a situação regularizada, Romero foi escalado para enfrentar Phil Davis. O confronto, que encabeçou o Bellator 266, acabou deixando a desejar. Ao fim de três rounds, o cubano foi derrotado na decisão dividida dos juízes.

Caso tope o desafio de retornar aos médios por uma disputa de título, o veterano de 44 anos deve ter de esperar. O confronto entre Mousasi e Vanderfod, embora esteja verbalmente acertado, ainda não tem data oficial.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS