Shields chama eventos de Jake Paul de ‘circo’, rejeita futura participação e garante que venceria youtuber

Multicampeã de boxe se irrita com pergunta sobre possível apresentação em cards estrelados pelo influenciador digital

C. Shields é uma das melhores pugilistas da história. Foto: Reprodução/Instagram

Multicampeã mundial de boxe e nova representante do MMA, Claressa Shields definitivamente não é fã do que Jake Paul tem feito no universo da ‘nobre arte’. Em coletiva de imprensa realizada para promover as finais dos torneios da PFL, que acontecem em outubro, a pugilista se indispôs com um membro da imprensa quando questionada se participaria de uma luta preliminar de um show promovido pelo youtuber.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Não me desrespeite. Eu nunca faria uma luta preliminar para o Jake Paul. Sou campeã mundial em três categorias de peso diferentes, duas vezes campeã olímpica no boxe. Atuar antes de um cara que promove um ‘circo’. Sem faltar com respeito ao (Tyron) Woodley ou Jake Paul, mas eu sou uma pugilista de verdade. Posso derrotar Jake Paul na categoria de peso que estou agora. Então, não. Eu nunca lutaria antes de alguém que não possui as habilidades e conquistas que eu tenho”, disse a atleta.

No caminho para se tornar uma das melhores pugilistas de todos os tempos, Shields, hoje, detém os títulos de boxe pela WBO, WBC, WBA, IBF dos médios. Além das conquistas como profissional na ‘nobre arte’, a lutadora também ostenta duas medalhas de ouro olímpicas, em 2012 (Londres) e 2016 (Rio de Janeiro).

PUBLICIDADE:

Na modalidade desde 2016, Claressa detém um retrospecto perfeito na ‘nobre arte’. A lutadora não sabe o que é perder em 11 compromissos na modalidade.

Disposta a fazer ainda mais história nas artes marciais, a atleta de 26 anos iniciou um grande desafio em 2021. Em junho, a norte-americana estreou como profissional de MMA e derrotou Brittney Elkin por nocaute, atuando na PFL.

PUBLICIDADE:

Depois de vencer eu seu debute na nova modalidade, Shields já tem novo desafio confirmado. No dia 27 de outubro, a lutadora retorna ao decágono e encara Abigail Montes.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?