Justin Gaethje planeja vitória ‘rápida e violenta’ contra Michael Chandler no UFC 268

Dono de nove bônus de 'Performance da Noite' e 'Luta da Noite', o ex-campeão interino promete mais um show no dia 6 de novembro

J, Gaethje em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Em menos de um mês, no dia 6 de novembro, Justin Gaethje e Michael Chandler se enfrentam no UFC 268 em uma das lutas mais aguardadas do ano na divisão dos leves (até 70,3 kg).

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em entrevista ao jornalista Brett Okamoto, da ESPN norte-americana, Justin Gaethje falou sobre o duelo. O ex-campeão interino dos leves garantiu que a luta contra Chandler será divertida para os fãs e garantiu estar pronto para frustrar as tentativas de queda do adversário.

“Sendo um wrestler, um competidor a vida inteira, acho que ele vai começar atirando golpes. Eu acho que vai ser uma grande luta, vai ser divertida para o público e para mim. Ele vai apelar para o wrestling depois que eu soltar golpes pesados? Não tenho certeza, provavelmente. Mas novamente, eu venho defendendo quedas durante minha vida inteira. Se ele quiser gastar energia assim, tudo bem. Quando ele levantar, não vai mais conseguir defender o rosto”, analisou Gaethje.

PUBLICIDADE:

Justin Gaethje fez oito lutas desde que chegou ao Ultimate, em julho de 2017. Com cinco vitórias e três derrotas, o norte-americano soma nove bônus de “Performance da Noite” e “Luta da Noite”. Contra Michael Chandler, o ex-campeão interino promete um fim “rápido e violento”.

“Só existe um denominador comum em cada uma dessas lutas e esse sou eu. É assim que eu luto. Essa luta vai ser a mesma coisa. Vou entrar lá e tentar quebrar esse cara o mais rápido e o mais violentamente possível. ‘Homem mais violento’ e toda essa m****, não importa. Eu estou 22-3, com 19 nocautes, quais desses caras podem dizer isso? Quais deles podem dizer que têm nove bônus nas primeira sete lutas? Nenhum deles. Eu serei o denominador comum todas as vezes. É o jeito que eu luto e é por isso que eles me pagam tanto”, finalizou Chandler.

PUBLICIDADE:

Justin Gaethje não entra em ação desde outubro de 2020, quando foi finalizado por Khabib Nurmagomedov na unificação dos cinturões linear e interino dos leves. Michael Chandler, por sua vez, também vem de derrota em luta valendo título. O ex-campeão do Bellator foi nocauteado pelo brasileiro Charles do Bronx em maio deste ano na disputa pelo cinturão vago da divisão.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS