Borrachinha pode ficar até seis meses afastado após derrota para Marvin Vettori no UFC Las Vegas 41

Vencedor do duelo, o italiano Marvin Vettori também pode ficar até seis meses de molho após o UFC Las Vegas 41

M. Vettori (dir.) derrotou P. Borrachinha (esq.) no UFC Las Vegas 41. Foto: Reprodução/Instagram

A guerra protagonizada por Paulo Borrachinha e Marvin Vettori na luta principal do UFC Las Vegas 41, no último sábado (23), pode ter gerado duras consequências para ambos lutadores. O brasileiro e o italiano podem encarar até seis meses de suspensão médica, de acordo com a lista oficial divulgada pela Comissão Atlética de Nevada.

PUBLICIDADE:

Veja Também

De acordo com a lista, Paulo Borrachinha precisa passar por um exame de raio-X no pé direito. Caso seja constatada lesão, o brasileiro precisará da liberação de um ortopedista, ou não poderá lutar antes do dia 22 de abril. Borrachinha precisará também da liberação de um oftalmologista por conta de uma lesão no olho esquerdo. Mesmo que seja liberado pelos dois especialistas, Borrachinha recebeu suspensão mínima até o dia 8 de dezembro, sem contato até o dia 23 de novembro.

Apesar de ter vencido o duelo, Marvin Vettori recebeu suspensão equivalente a de Borrachinha. O italiano precisa passar por exames de raio-X nos dois antebraços e por um exame de ressonância magnética do jelho direito. Se positivo para lesão, precisa de liberação de um ortopedista, ou não poderá lutar antes de 22 de abril. A suspensão mínima do italiano também é igual a do brasileiro, até o dia 8 de dezembro, sem contato até o dia 23 de novembro.

PUBLICIDADE:

Outros lutadores do card que podem ficar até seis meses de molho são: Grant Dawson (costelas), Francisco Massaranduba (mão esquerda), Mason Jones (joelho direito), Jeff Molina (tornozelo direito) e Zviad Lazishvili (pé direito).

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS