Kayla Harrison destaca gratidão pela PFL, mas deixa futuro em aberto após conquistar prêmio milionário

Norte-americana afirma que 'ama a PFL', mas diz que ainda precisa pensar sobre seu próximo passo na carreira

K. Harrison celebra conquista de US$ 1 milhão com sua filha. Foto: Reprodução/Instagram @judokayla

A vitoriosa história de Kayla Harrison na PFL pode estar perto de um fim. Depois de confirmar favoritismo e conquistar o prêmio de US$ 1 milhão (cerca de R$5,5 milhões), a norte-americana fez sua última luta no contrato contra Taylor Guardado e falou sobre seu futuro na organização.

PUBLICIDADE:

Veja Também

R. Manfio C. de Sapato e B. Cappelozza

Em entrevista coletiva pós-evento, a atleta – que é cogitada em UFC e Bellator – destacou seu carinho pela PFL, mas afirmou que está disposta a ouvir outras propostas para seu futuro no esporte. Ela também não descarta em ficar em sua atual organização e não dá um veredito sobre onde deseja estar.

“Agora eu não sei. Tenho muito o que pensar e muitas opções. Eu tenho muito que processar, também. Estou feliz com a PFL. Eu amo a PFL. Acho que eles são uma ótima organização e sinto que, se não tivéssemos tirado aquele ‘ano de folga’ (pela COVID-19), eu provavelmente os amaria muito mais. Eles estão fazendo todas as coisas certas e eu acredito no formato. Veremos o que acontece”, disse Harrison.

PUBLICIDADE:

Apesar de poder sair da PFL, a passagem da bicampeã olímpica de judô na organização foi intocável até o instante. Em 11 apresentações, ela venceu todas – sendo cinco finalizações, quatro nocautes e duas decisões unânimes dos juízes. Ela é, inclusive, o principal nome da empresa na atualidade.

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS