Rei dos pesados na PFL, Cappelozza homenageia o pai após saber de seu falecimento: ‘Dia mais feliz e triste’

Brasileiro desabafa após maior conquista na carreira, seguida de uma grande perda pessoal; lutador foi comunicado da morte depois de vitória sobre Ante Delija

B. Cappelozza prestou homenagem ao pai. Foto: Reprodução/Instagram

Novo campeão dos pesados (até 120,2kg.) da PFL, Bruno Cappelozza se manifestou pela primeira vez depois de viver o dia ‘mais feliz e triste’ de sua vida, nas palavras do atletas. Após de realizar sua maior conquista no MMA, ao bater Ante Delija, na última quarta-feira (27), e conquistar o torneio milionário da organização, o atleta recebeu a triste notícia de que seu pai, João Cappelozza, havia falecido no último domingo (24). Em suas redes sociais, o brasileiro desabafou sobre o momento.

PUBLICIDADE:

Veja Também

R. Manfio C. de Sapato e B. Cappelozza

“Dia mais feliz e triste da minha vida. Não sabia que tinha perdido meu maior amor e amigo da minha vida. Obrigado por tudo. Coisas que só Deus pode explicar. Te amo além da vida. Obrigado por me ensinar a ser esse ser humano que sou hoje. Esse cinturão é seu meu ‘veinho’. Te amo demais. Que você faça uma boa Jornada ao lado de Deus. Jajá vamos nos encontrar”, escreveu o lutador, em sua conta no Instagram.

O anúncio da morte de João Cappelozza foi divulgado à imprensa pela própria PFL. A informação chegou alguns minutos depois da grande vitória do brasileiro no decágono. Segundo a organização, a família de Bruno optou por poupar o atleta da notícia, até aquele momento, para que não abalasse seu foco para o maior desafio de sua carreira.

PUBLICIDADE:

Já sabendo do falecimento do pai, o peso pesado chegou a ser homenageado por seu adversário, Delija. Nos bastidores do evento, o croata fez questão de prestar suas condolências ao seu algoz.

A conquista de Bruno

Grata surpresa da PFL para a temporada 2021, Bruno teve trajetória perfeita até chegar ao cinturão do torneio dos pesados. Para assumir o trono, o brasileiro conquistou quatro vitórias, duas dela sobre Ante.

PUBLICIDADE:

Na grande final, o lutador, novamente, dividiu o decágono com Delija. Se no primeiro encontro a luta acabou de forma rápida, com um duro nocaute aplicado pelo paulista em menos de um minuto, no segundo, a história foi diferente.

PUBLICIDADE:

O confronto entre Cappelozza e Delija marcou um dos melhores embates da temporada. Os atletas trocaram forças por 25 minutos e, ao fim de cinco rounds, o brasileiro foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS