Fora do UFC 267 por Covid-19, Bruce Buffer atualiza sobre saúde e aconselha fãs a se vacinarem

Voz do Ultimate no octógono, apresentador narra momentos de tensão depois de contrair doença e faz campanha por imunização coletiva

B. Buffer é figura marcante nos eventos do UFC. Foto: Reprodução/Instagram @brucebuffer

Fora de um evento numerado pela primeira vez em 25 anos, Bruce Buffer atualizou sobre sua condição de saúde. Retirado do UFC 267, que acontece neste sábado (30), depois de ser diagnosticado com Covid-19, a ‘voz do Ultimate’ atualizou os fãs sobre sua saúde. O apresentador disse estar bem e fez questão de ressaltar a importância da vacina contra a doença.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Graças a Deus, estou vacinado. Eu já tinha tomado e planejo ter o reforço. O vírus me derrubou nos primeiros três ou quatro dias, com febre, dores no corpo, na cabeça. Não perdi o paladar ou olfato, ainda bem. Não tive complicações no pulmão. Eles estão bem”, disse Buffer, em seu canal no YouTube.

Se recuperando bem da doença, Bruce fez questão de tornar pública sua opinião sobre a vacina. De acordo com o apresentador do Ultimate, sua condição pode não ter sido mais grava por ter optado a receber o imunizante.

PUBLICIDADE:

“O que posso dizer, pessoal, é que espero que vocês tomem a vacina. Não quero levantar polêmicas. Se eu não estivesse vacinado, quem sabe como isso teria terminado”, encerrou.

Figura marcante nos principais eventos do Ultimate, Buffer não conseguirá apresentar o principal show do mês de outubro. Neste fim de semana, Glover Teixeira será um dos protagonistas, quando tenta tomar o cinturão dos meio-pesados (até 93kg.) de Jan Blachowicz.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?