Novo rei dos meio-pesados, Glover fatura mais de R$280 mil em bônus após finalizar Blachowicz no UFC 267

Feito histórico rende ao campeão brasileiro um dos prêmios de performance; Khamzat Chimaev também leva ‘bolada’ e ‘Melhor Luta’ vai para ‘Yan x Sandhagen’

G. Teixeira encaixa estrangulamento em J. Blachowicz. Foto: Reprodução/Instagram

A história escrita por Glover Teixeira neste sábado (30), em Abu Dhabi, segue rendendo frutos. Depois de finalizar Jan Blachowicz e conquistar o cinturão dos meio-pesados no UFC 267, o brasileiro recebeu o reconhecimento da organização por seu grande feito. Novo campeão do grupo até 93kg., o mineiro levará para casa mais de R$280 mil de bônus de ‘Performance’.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Aos 42 anos, Teixeira entrou como azarão para o confronto contra um campeão mais jovem e conhecido pela agressividade. O brasileiro, no entanto, não tomou conhecimento do polonês e finalizou o confronto logo no segundo round.

Chamado de ‘fenômeno’ por Dana White, Khamzat Chimaev também deixará Abu Dhabi de bolso cheio. De volta após superar um drama por sequelas da Covid-19, contraída em dezembro de 2020, o sueco deu show no confronto contra Li Jingliang, ‘apagando’ o adversário no primeiro round sem levar um golpe sequer. O espetáculo protagonizado pelo pupilo do Ultimate rendeu ao atleta US$50 mil.

PUBLICIDADE:

O segundo confronto mais importante do evento ganhou o bônus de ‘Melhor Luta’. Protagonistas de uma verdadeira batalha no octógono na disputa pelo cinturão interino dos galos (até 61,2kg.), Petr Yan e Cory Sandhagen agitaram o público na ‘Ilha da Luta’. Em peleja de cinco rounds, o russo foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS