Dana White alfineta rival Bellator: ‘Nunca serão tão bons quantos nós’

Presidente do UFC ainda afirmou que a receita do sucesso da organização é o trabalho árduo

D. White (foto) não vê Bellator como ameaça ao UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

D. White (foto) não vê Bellator como ameaça ao UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

O crescimento do Bellator, hoje o segundo principal evento de MMA do planeta, não parece incomodar Dana White, presidente do UFC – que segue, indiscutivelmente, com o primeiro posto. Em entrevista ao site MMA Junkie, White provocou a organização rival e afirmou que o trabalho duro é a chave do sucesso do Ultimate.

“Eles nunca serão tão bons quanto nós. Isso é o que fazemos 24 horas por dia, sete dias por semana. Natal. Páscoa. A Viacom (grupo que administra o Bellator) fecha do dia 3 de dezembro até depois do Ano Novo. Natal? Estou falando na droga do telefone. Páscoa? Estou no telefone. Ação de Graças? Estou no telefone. Mer** acontece no nosso negócio todos os dias, e se algo muito ruim acontece, eu estou em um avião no Natal para resolver. Essa é a diferença entre nós e todos os outros. Ninguém nunca vai trabalhar mais do que nós. Isso nunca vai acontecer. É impossível”, disse o dirigente.

Assim como o UFC, que ampliou sua atuação mundialmente nos últimos anos, o Bellator vêm crescendo em larga escala desde sua criação, em 2008. Nos últimos meses, a organização presidida por Bjorn Rebney tem assinado com atletas importantes no MMA, como o ex-campeão do Ultimate Quinton “Rampage” Jackson. Além disso, o evento também criou um reality show com o intuito de revelar de novos talentos do esporte, o “Fight Master: Bellator MMA”, que conta com nomes como Randy Couture e Frank Shamrock como treinadores.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments