Dustin Poirier prevê vitória por interrupção contra Charles do Bronx para conquistar o cinturão dos leves

Duelo pelo título peso leve acontece na luta principal do UFC 269, no dia 11 de dezembro

D. Poirier (foto.) está confiante em vitória por interrupção sobre C. do Bronx (Foto: Reprodução/Instagram)

Ex-campeão interino dos leves (até 70,3 kg), Dustin Poirier tem mais uma chance de conquistar o ouro do Ultimate quando enfrenta Charles do Bronx, atual campeão da divisão, na luta principal do UFC 269, no dia 11 de dezembro.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Durante participação no podcast “The MMA Hour”, do site “MMAFighting”, Dustin Poirier contou ao jornalista canadense Ariel Helwani que está se sentindo melhor do que nunca para a luta que se aproxima e que acredita em uma vitória por interrupção contra o brasileiro.

“Eu realmente acho que vou parar esse cara. Acho que vou vencer por interrupção. 25 minutos é muito tempo para lutar contra mim e não ser atingido por um golpe e não ser colocado em uma posição ruim. Estou me sentindo melhor do que nunca. Meu corpo está ótimo, estou muito focado. Mal posso esperar”, disse o norte-americano.

PUBLICIDADE:

Quando foi campeão interino, Dustin Poirier teve a chance de se tornar detentor do cinturão linear dos leves, mas foi finalizado por Khabib Nurmagomedov no UFC 242, em 2019. Dessa vez, o norte-americano se disse disposto a superar qualquer obstáculo para chegar ao seu objetivo.

“Nesses 25 minutos, não importa quanto desconforto você esteja sentindo, são 25 minutos que vão durar para o resto da minha vida. Talvez essa seja a última vez que eu faça essa jornada para uma luta por cinturão. Esses 25 minutos significam tanto para mim que estou disposto a passar por qualquer coisa que se apresente na minha frente. Estou pronto e acredito, de verdade, que vou ser campeão mundial”, finalizou Poirier.

PUBLICIDADE:

Além do duelo entre Charles do Bronx e Dustin Poirier, pelo cinturão dos leves, o UFC 269 tem, em sua luta co-principal, a disputa do cinturão peso galo (até 61,2 kg) entre a campeã Amanda Nunes e a desafiante Julianna Peña.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS