Glover Teixeira tem recepção de herói, desfila com cinturão e recebe chave da cidade de Danbury

Novo campeão dos meio-pesados do UFC, o brasileiro foi recebido com festa na cidade onde mora, nos Estados Unidos

G. Teixeira foi recebido como herói na cidade de Danbury (Foto: Reprodução/Instagram)

Novo campeão meio-pesado do UFC, Glover Teixeira continua comemorando o título conquistado no final de outubro, quando finalizou Jan Blachowicz na luta principal do UFC 269, em Abu Dhabi. No último domingo (14), o brasileiro foi recebido como herói na cidade de Danbury, em Connecticut (Estados Unidos), onde vive com a esposa Ingrid Peterson.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em vez do tradicional caminhão de bombeiros, Glover Teixeira desfilou sobre um trator. Ao lado da esposa e de diversos amigos, o campeão exibiu o cinturão para os moradores da pequena cidade de pouco mais de 84 mil habitantes.

PUBLICIDADE:

Ao fim do desfile, o brasileiro recebeu do prefeito Joseph M. Cavo a “chave de Danbury”, “em reconhecimento ao título do UFC e apreciação às suas contribuições para a cidade”.

A chave da cidade de Danbury, recebida por Glover Teixeira (Foto: Reprodução/Instagram)

PUBLICIDADE:

“Estou muito feliz com o que aconteceu aqui. Vim para Danbury em 1999. As pessoas aqui são muito trabalhadoras, abriram os braços para mim. No Brasil, eu tinha o sonho de ser um atleta profissional. Cheguei aqui e disse: ‘Esta é a terra das oportunidades. Quero ser campeão mundial.’ O Greg Davis (ex-treinador) é um dos caras que estavam lá quando cheguei. Eu não sabia falar muita coisa em inglês, e ele perguntou: ‘Por que você treina jiu-jitsu?’. Eu disse: ‘Porque eu quero ser campeão mundial'”, discursou Glover.

PUBLICIDADE:

Aos 42 anos, Glover Teixeira se tornou o lutador mais velho a conquistar um cinturão do UFC pela primeira vez. O brasileiro ainda não tem previsão para defender o título, mas a tendência é que enfrente o polonês Jiri Prochazka, segundo colocado no ranking dos meio-pesados, em 2022.

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS