Volkanovski aponta ‘brecha’ em jogo de Holloway e promete nocauteá-lo em eventual trilogia

Campeão dos penas, australiano diz que havaiano recebe muitos golpes e diz que pode batê-lo em pé

M. Holloway (esq.) e A. Volkanovski (dir.) se enfrentaram em 2019 e 2020. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Atento às possibilidades na divisão dos penas (até 65,7kg.), o campeão Alexander Volkanovski sabe que pode enfrentar Max Holloway em uma trilogia na próxima apresentação no Ultimate e já especula como seria o novo encontro. Em entrevista ao ‘The MMA Hour’, o australiano acredita que pode nocauteá-lo e diz que o havaiano recebe muitos golpes.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Cara, Max recebe muitos golpes. Ele é um striker de volume, mas quanto tempo isso vai durar? Esse queixo vai sumir logo. Você não pode aceitar tranquilamente receber muito dano. Eles estão falando sobre os 3 mil golpes que ele acertou e isso é incrível, mas provavelmente recebeu 2 mil outros golpes também”, afirmou Volkanovski.

E o campeão não parou por aí. Questionado sobre as declarações de Holloway, que se autointitulou como o ‘melhor boxeador’ no Ultimate, Alexander discorda da afirmação e revela que pode surpreendê-lo em pé.

PUBLICIDADE:

“Você fala sobre ser um boxeador, mas isso diz muito sobre bater e não ser atingido. Isso é o que torna o melhor boxeador. Então, você olha para os números que ele está acertando – só que precisamos ver a proporção. Não me interpretem mal, é ótimo assistir. Mas, ao mesmo tempo, você não pode fazer isso para sempre, e aquele queixo vai sumir. Vamos ver se vai na próxima luta. Estarei procurando por isso”, finalizou o campeão.

Detentor do cinturão dos penas desde dezembro de 2019, Volkanovski destronou Max Holloway em dois confrontos – ambos decididos na decisão dos juízes. O australiano, desde então, só venceu Brian Ortega e tem um cartel de 23 triunfos e apenas um revés em sua carreira.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?