Jon Jones prega respeito a Ciryl Gané, mas acredita que será ‘único’ na divisão dos pesados

'Bones' diz que francês é um lutador diferente na organização, ainda que acredite que sua experiência nos meio-pesados faça a diferença para suas lutas no futuro

J. Jones deve estrear nos pesos pesados no segundo trimestre de 2022. Foto: Reprodução/Instagram

Ex-campeão dos meio-pesados (até 93kg.), Jon Jones abdicou de seu título para migrar aos pesados e deve fazer sua estreia na nova divisão em 2022. Em suas redes sociais, o ‘Bones’ foi questionado sobre o que ele achava de Ciryl Gané, que deve disputar o cinturão contra Francis Ngannou em janeiro do próximo ano. Ele afirmou que considera o francês um lutador diferente, mas acredita que será ‘único’ na categoria.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Acho que ele é diferente para um peso pesado, mas não acho que o mundo esteja pronto para o quão único serei. Acredito que minha experiência no meio-pesado será o maior diferencial nas minhas lutas futuras”, afirmou Jones em seu ‘Twitter’ oficial.

Inclusive, ‘Bones’ segue trabalhando por sua subida de categoria e, recentemente, compartilhou um vídeo de treinos com o ex-campeão dos moscas (até 56,7kg.) e galos (até 61,2kg.) Henry Cejudo, na academia ‘Fight Ready’, após prisão por suposta agressão doméstica.

PUBLICIDADE:

Tido, por muitos, como o melhor lutador de MMA de todos os tempos, Jon Jones não se apresenta há quase dois anos, desde que derrotou o compatriota Dominick Reyes e conseguiu manter o cinturão dos meio-pesados. Profissional desde 2008, o norte-americano conta com um cartel de 26 resultados positivos, um negativo e uma luta sem resultado.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?