Após primeiro vitória no UFC, Rafael Alves critica lutadores que escolhem adversário: ‘É frouxo’

O brasileiro fez duras críticas aos atletas que gostam de escolher seus próximos oponentes e deixou a decisão do seu próximo rival nas mãos da organização

R. Alves comemora vitória no UFC Las Vegas 42 (Foto: Instagram/UFC)

Após finalizar Mark Diakiese de forma espetacular e conseguir sua primeira vitória no Ultimate, Rafael Alves não quer saber de escolher adversário. Em entrevista coletiva após o UFC Vegas 42 do último sábado (13), o brasileiro chamou de ‘frouxos’ os atletas que gostam de pedir pelos seus próximos oponentes e deixou a escolha do seu próximo rival nas mãos da organização.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: Antigo desafeto, Rafael dos Anjos manda recado a Conor McGregor: ‘Vejo você em 2022’

Veja Também

“Para mim, o cara que escolhe adversário é frouxo. Prefiro deixar na mão do UFC, que é uma empresa maravilhosa, tenho certeza que vão botar uma pessoa perfeita para mim, mas vou falar uma coisa: o UFC não está tendo pena de mim, só está colocando cara duro. Estou quase para sair batendo no Dana White”, afirmou Rafael.

PUBLICIDADE:

Contratado em 2020 após vencer seu duelo no ‘Contender Series’, o brasileiro estreou com derrota para Damir Ismagulov, em maio desse ano. A reabilitação veio no último sábado com a bela vitória por finalização sobre Mark Diakiese. O atleta tupiniquim possui um cartel de 20 resultados positivos e 10 negativos nas artes marciais mistas.

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?