Atual comentarista do UFC, Paul Felder revela dois cenários que poderiam tirá-lo da aposentadoria

Após pendurar as luvas em novembro de 2020, o norte-americano citou os possíveis casos em que poderia repensar a sua decisão de pendurar as luvas

P. Felder anunciou sua aposentadoria durante a transmissão do UFC Vegas 27. Foto: Reprodução/Instagram @UFC

Pouco mais de um ano após o anúncio da sua aposentadoria, o ex-peso leve (até 70,3kg) Paul Felder já considera uma possível volta ao octógono. Em entrevista ao ‘MMA Junkie‘, o veterano citou dois possíveis cenários que o fariam repensar a sua decisão de pendurar as luvas.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: Técnico de Dariush, Rafael Cordeiro vê pupilo perto de cinturão e admite aguardar chamado do UFC

Veja Também

“Existem dois cenários. Obviamente, a luta do dinheiro. Por alguma razão, se Conor (McGregor) me odeia e quer lutar comigo de novo, tudo certo. Vou usar as velhas luvas de MMA para voltar lá para mudar minha vida e ensinar-lhe uma lição, mas fora isso, não. O outro é Sean Brady, que realmente me mandou uma mensagem outro dia e disse: ‘Você voltaria da aposentadoria para uma luta no Wells Fargo (ginásio na Filadélfia (EUA)?””, revelou Felder.

PUBLICIDADE:

Com pouco mais de dez anos de carreira, Paul Felder fez sua última luta como profissional em novembro de 2020. Na ocasião, o norte-americano foi derrotado pelo brasileiro Rafael dos Anjos por decisão dividida. O combatente possui um cartel de 17 triunfos e seis reveses.

Podcast #41: José Aldo de volta ao topo + Charles do Bronx e Amanda Nunes no UFC 269