Weili Zhang relata ‘dor da derrota’, mas minimiza rivalidade com Rose Namajunas

Ex-campeã dos palhas, chinesa afirmou que mudança aos Estados Unidos a ajudou em sua mentalidade na carreira

W. Zhang estava invicta no Ultimate antes das derrotas para R. Namajunas. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Vindo de duas derrotas seguidas, Weili Zhang falou sobre seu futuro no esporte. Em resposta nas redes sociais, a ex-campeã das palhas (até 52,1kg.) revela que demorou para aceitar os reveses para Rose Namajunas e tratou de minimizar a rivalidade com a norte-americana.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Pense bem, a gente foi num lugar tão longe e trouxe todo o time, aí a (primeira) luta acabou logo que começou. Foi uma agonia. Ainda estava doendo mesmo depois que voltamos. Senti então que eu poderia estar bem em um momento, tipo, é o que é. Então, às vezes, eu pensava nisso de novo e ainda dói, ainda luto para aceitar”, afirmou Zhang.

E não para por aí. Segundo Weili, a mudança para os treinamentos nos Estados Unidos fez com que ela aceitasse a derrota em sua mentalidade, além de poder crescer e não cometer os mesmos erros do passado.

PUBLICIDADE:

“Foi depois que vim treinar nos Estados Unidos que finalmente ajustei (minha mentalidade) e superei isso. Ganhei uma compreensão totalmente nova do esporte. É quando eu sinto que minha mentalidade mudou de verdade. Acho que, se você não passar por essas falhas, contratempos e perdas, nunca será capaz de crescer”, finalizou.

Campeã da divisão dos palhas entre 2019 e 2020, Zhang foi derrotada por Rose Namajunas em seus dois últimos combates. Antes dos dois reveses para a campeã, a última derrota de Weilli havia sido em novembro de 2013, em sua primeira luta no MMA profissional. A chinesa possui um cartel composto por 21 resultados positivos e três negativos.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico