Com luta marcada no UFC 269, Geoff Neal é detido por dirigir embriagado nos Estados Unidos

Norte-americano também foi acusado de possuir uma arma ilegal; ele enfrenta Santiago Ponzinibbio no dia 11 de dezembro

G. Neal foi preso nos Estados Unidos. Foto: Reprodução/Instagram

O ano de 2021 não tem sido bom para a imagem dos lutadores fora do octógono e, agora, Geoff Neal é mais um atleta a ter problemas com a justiça. Escalado para enfrentar Santiago Ponzinibbio no UFC 269 do dia 11 de dezembro, o norte-americano foi preso sob acusação de dirigir embriagado e porte ilegal de armas no Texas (EUA). A informação foi divulgada no ‘MMA Junkie’.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Segundo o Departamento do Conrado de Collin, Neal acabou detido às 3h47 da manhã, mas pagou a fiança de US$ 1 mil (cerca de R$ 5,6 mil, na cotação atual) e foi liberado. Além disso, o norte-americano ainda pode ter que prestar declarações sobre possuir uma arma de fogo já que, no local, é ilegal. Em caso de uma sentença, o lutador pode pegar uma pena de até um ano sob multa de US$ 4 mil (cerca de R$ 23 mil). Já pela acusação de dirigir embriagado, o meio-médio (até 77kg.) pode pegar até 180 dias de prisão.

Descoberto no ‘Contender Series’, Geoff Neal chegou ao Ultimate com efeito instantâneo e enfileirou cinco triunfos seguidos. O norte-americano, no entanto, perdeu para Stephen Thompson e Neil Magny – sendo o último em maio deste ano. Ele, agora, está programado para medir forças contra Santiago Ponzinibbio no card preliminar do UFC 269.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico