UFC 162: Napão e Edson Barboza vencem por nocaute no card preliminar

Napão apagou Dave Herman em apenas 17 segundos, enquanto Barboza venceu o compatriota Rafaello Trator

Gabriel Napão (foto) encara Roy Nelson no UFC 147. Foto: Josh Hedges

G.Napão (foto) precisou de apenas 17 segundos para vencer no UFC 162. Foto: Josh Hedges

Show brasileiro no card preliminar do UFC 162, evento realizado neste sábado (06), em Las Vegas, nos Estados Unidos. O peso pesado Gabriel Napão precisou de apenas 17 segundos para nocautear Dave Herman, enquanto Edson Barboza venceu o duelo 100% tupiniquim diante Rafaello Trator com vários golpes do joelho.

Napão atropela Herman em 17 segundos

Não deu nem para a saída. O brasileiro Gabriel Napão não tomou conhecimento de Dave Herman e nocauteou o norte-americano em apenas 17 segundos.

Logo no início da luta, Herman tentou um chute no joelho do brasileiro. Mas rápido no contragolpe, Gabriel respondeu com um swing de direita no acertou o queixo do rival, que foi ao solo. Sem perder tempo, Napão encaixou mais dois socos até a árbitra interromper a disputa e decretar o nocaute técnico.

Edson Barboza vence duelo brasileiro contra Trator

No combate 100% brasileiro, melhor para Edson Barboza. O atleta do Rio de Janeiro mostrou todo seu jogo de trocação para derrotar o pernambucano Rafaello Trator por nocaute técnico no segundo round.

Com maior envergadura, Barboza logo achou a distância na luta em pé e soltou seu enorme arsenal de chutes.O fluminense começou a trabalhar com chutes no joelho de Trator, que tentava levar a peleja para o chão, mas sempre sem sucesso. Dono da luta, Edson tentou repetir o plástico chute rodado, que o consagrou no UFC Rio 2, mas o golpe não pegou cheio.

Com vantagem no primeiro round, Barboza encerrou a peleja na segunda parcial. Depois de escapar de uma tentativa de queda, ele voltou a atacar o joelho de Rafaello com vários chutes. O pernambucano, que sentia muito os golpes, já não conseguia ficar em pé.

Após encaixar o 30º chute no joelho de Trator, o árbitro Herb Dean interrompeu a disputa, já que o pernambucano não tinha condições de se manter em pé.

Mais Lutas

Outro duelo que chamou bastante atenção do público foi entre o norte-irlandês Norman Parke e o japonês Kazuki Tokudome. O embate foi bastante disputado e repleto de alternâncias no controle durante os 15 minutos regulamentares. No final, vitória de Norman Parke na decisão unânime dos juízes.

Já Andrew Craig e Chris Leben também fizeram outra boa luta. O veterano Leben começou melhor, mas acabou sentindo o ritmo da luta na segunda metade da peleja. No terceiro round, Craig conseguiu um knockdown, trabalhou com vários socos por cima, mas Leben, com muita raça, se manteve na luta até o final do embate.

Na decisão dos juízes, o equilibrio do octógono ficou comprovado e Andrew Craig levou a disputa na decisão dividida (29×28, 28×29, 30×27).

Confira abaixo os resultados completos do UFC 162:

Card principal

Anderson Silva vs. Chris Weidman

Frankie Edgar vs. Charles Do Bronx

Tim Keneddy vs. Roger Gracie;

Mark Muooz vs. Tim Boetsch;

Cub Swanson vs. Dennis Siver

Card preliminar

Andrew Craig derrotou Chris Leben na decisão dividida dos juízes;

Norman Parke derrotou Kazuki Tokudome na decisão unânime dos juízes;

Gabriel Napão derrotou Dave Herman por nocaute técnico no R1;

Edson Barboza derrotou Rafaello Trator por nocaute técnico no R2.

Brian Melancon derrotou Seth Baczynski por nocaute no R2;

Mike Pierce derrotou David Mitchell por nocaute técnico no R2.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Thiago ® Corretor de Seguros
Thiago ® Corretor de Seguros
7 anos atrás

Falta de Profissionalismo, mereceu perder mesmo. Seguro de Vida Barato para Estagiário, confira: http://www.segurodevidaestagiario.com.br