Francis Ngannou diz que conflito com o UFC não tirará o seu foco e ‘esnoba’ invencibilidade de Ciryl Gane

Com a próximidade da sua primeira defesa do cinturão dos pesados, o franco-camaronês garantiu que nada irá tirar o seu foco do duelo contra o campeão interino

F. Ngannou conquistou o cinturão dos pesados no UFC 260. Foto: Reprodução/Instagram

Envolvido em polêmicas contratuais com o Ultimate, o campeão dos pesados (até 120,2kg) Ciryl Gane garantiu que não deixará o ambiente externo influenciar em seu próximo combate. Faltando pouco mais de um mês para a sua primeira defesa de título, contra o francês Ciryl Gane, o líder da divisão cravou que está totalmente focado no confronto e deu pouca importância para a invencibilidade do campeão interino

PUBLICIDADE:

Veja Também

“A situação é o que é, mas, o que estou tentando fazer é não deixar nada entrar na minha mente para a luta. No final do dia, eu não estou autorizado a me distrair com nada. A decisão será se eu errar, porque estou distraído com tudo ao redor. Eu me prontiquei para esta luta, então é melhor eu levá-la a sério e focar nela. Não importa o que aconteça do lado de fora. Vamos lidar com isso depois”, afirmou Ngannou.

Questionado sobre a invencibilidade de Ciryl Gane, o franco-camaronês deu pouca importância ao fato e enfatizou que as derrotas também fazem parte do processo de evolução de um lutador.

PUBLICIDADE:

“Adversário invicto não significa nada. Para mim, estar invicto significa que ele tem uma falta de experiência porque não é a experiência completa. Perder uma luta faz parte do processo de aprendizado. Então, se você não esteve lá, você não pode entender algo. Acho que esse é o problema. Já lutei contra lutadores invictos antes, então não é minha primeira vez. Eu sei como é. Você pode ser invicto, mas quando você entra naquele ringue, é só você e seu oponente e nada importa nesse ponto”, finalizou Ngannou.

O imbróglio entre Francis e UFC começou após a organização casar o duelo entre Derrick Lewis e Ciryl Gane, válido pelo cinturão interino dos pesados. Na ocasião, o campeão alegou estar saudável e criticou a criação do título temporário. Entre outras reclamações, o franco-camaronês fez duras críticas ao salário recebido da empresa presidida por Dana White.

PUBLICIDADE:

O aguardado duelo entre Francis Ngannou e Ciryl Gane está programado para o UFC 270, previsto para o dia 22 de janeiro. O espetáculo também contará com a aguardada trilogia entre Brandon Moreno e Deiveson Figueiredo, valendo o cinturão dos pesos moscas (até 56,7kg). O show será realizado no Honda Center, em Anaheim, Califórnia (EUA).

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico