Dana White revela que luta contra Ciryl Gane é a última do contrato de Francis Ngannou com o UFC

Campeões linear e interino duelam pela unificação dos títulos na luta principal do UFC 270, no dia 22 de janeiro

Instatisfeito com tratamento, F. Ngannou pode deixar o UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Não é segredo algum que Francis Ngannou, atual campeão linear dos pesos pesados (até 120,2 kg) do UFC está descontente com a maneira como vem sido tratado pela organização, principalmente após a criação do cinturão interino que coroou Ciryl Gane, seu próximo oponente. O descontentamento do camaronês é tão grande que, a luta de unificação dos títulos, no UFC 270, pode ser sua última pelo Ultimate.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em entrevista à ESPN norte-americana, Dana White, presidente do UFC, falou sobre a situação atual de Francis Ngannou e revelou que a luta contra Ciryl Gane é a última do atual contrato do camaronês com o Ultimate. Dana aproveitou para alfinetar Marquel Martin, representante do campeão e seu desafeto público.

“Nosso campeão peso pesado está prestes a fazer a última luta de seu contrato. Essas coisas acontecem. Nem sempre chegamos a acordos com as pessoas. Quando você é um lutador, você tem que tomar cuidado com quem te representa. Não acho que ele tenha o melhor representante”, afirmou Dana White.

PUBLICIDADE:

O presidente do Ultimate colocou a responsabilidade de renovar ou não o vínculo nas mãos de Francis Ngannou, mas disse acreditar que, caso vença Ciryl Gane, o camaronês teria mais uma luta prevista em contrato.

“Olha, se você quer estar conosco, nós amaremos ter você. Se você não quiser ficar conosco, sem problemas. Tudo bem. Acho que, pelo contrato dele, se ele vencer tem mais uma luta a fazer. Estou falando isso da minha cabeça. Ele provavelmente teria mais uma luta”, disse Dana.

PUBLICIDADE:

Francis Ngannou e Ciryl Gane duelam na luta principal do UFC 270, no dia 22 de janeiro, na Califórnia.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico