Belal explica por que vencer Chimaev vale mais do que vencer outro oponente melhor ranqueado

Novo quinto colocado no ranking dos meio-médios, Belal acredita que enfrentar Chimaev é um atalho para disputar o título

B. Muhammad quer enfrentar K. Chimaev (Foto: Montagem/SUPER LUTAS)

Um dos principais destaques do último evento do UFC no ano, no último sábado (18), ficou por conta de Belal Muhammad, que dominou Stephen Thompson na luta co-principal do evento, venceu na decisão unânime e ganhou cinco posições no ranking dos meio-médios (até 77 kg), chegando ao quinto lugar. Imediatamente após a vitória, Belal desafiou o campeão da divisão Kamaru Usman.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Dias após a luta, no entanto, Belal Muhammad parece ter repensado a situação e passou a afirmar que gostaria de enfrentar a sensação sueca Khamzat Chimaev, décimo primeiro colocado no ranking da divisão. Em entrevista ao site norte-americano “MMAJunkie”, Belal explicou os motivos por trás do novo desafio.

“Faz sentido para todos da divisão. Ele tem o maior hype da divisão no momento. Ele tem aquele fator (Conor) McGregor de estrelato, no qual os fãs acham que ele é intocável. O chefe acha que ele é intocável. Todos acham que é questão de tempo até ele se tornar campeão. Entã, para mim, vencê-lo, é roubar todo o hype, e acho que isso vale mais do que vencer qualquer um ranqueado na divisão. Vencê-lo é provavelmente melhor do que vencer Colby Covington por conta do hype que existe no momento”, explicou Belal.

PUBLICIDADE:

Belal Muhammad completou, afirmando acreditar que uma possive vitória sobre Chimaev seria o suficiente para garantir a próxima vaga como desafiante ao cinturão de Kamaru Usman.

“Então, esse jogo é sobre momento, sobre hype, sobre quem está quente no momento. Ele é o nome mais quente agora. Então ao vencê-lo, eu roubo todo o brilho, todo o calor. E analisando os estilos, acho que eu caso muito bem com ele. Ele tem um estilo muito similar ao de Usman, então eu bato nele, mostro que mereço estar lá com um cara como Usman e sou o próximo a disputar o cinturão”

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico