Do Bronx pede para enfrentar McGregor no Rio e indica que superluta poderia não acontecer nos leves

Desafiado pelo irlandês, campeão sugere confronto no UFC 274, que marca o retorno do Ultimate ao Brasil

C. Do Bronx exibe o cinturão conquistado após o nocaute sobre M. Chandler no UFC 262. Foto: Reprodução/Instagram

Desafiado por Conor McGregor depois de sua atuação contra Dustin Poirier no UFC 269, Charles do Bronx parece estar mesmo disposto a deixar que o irlandês ‘fure a fila’ para uma disputa de cinturão. Nova estrela do peso leve (até 70,3kg.), o campeão falou com empolgação sobre a chance de encarar o ‘Notório’, famoso por render cifras milionárias aqueles com quem divide o octógono.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Maio seria uma data maravilhosa. Conor me desafiou, perguntando uma data. Não só ele, mas o mundo todo gostaria de ver esse confronto. Vamos fazer acontecer. Estarei esperando por ele em maio”, disse Do Bronx, em entrevista ao ‘Sherdog.com’.

No topo absoluto dos leves desde maio de 2021, Do Bronx pretende encarar McGregor mesmo que o cinturão não esteja em disputa. Na mesma entrevista, o campeão disse que o embate poderia acontecer em outras divisões, já que Conor se recupera de grave lesão no tornozelo e pode encontrar dificuldades para chegar aos 70,3kg. exigidos para uma luta pelo título.

PUBLICIDADE:

“Pode acontecer nos meio-médios (até 77kg.), nos médios (até 83,9kg.), com meu título em jogo ou não. Apenas escolha e nós estaremos prontos”, encerrou.

Xodó da torcida brasileira, Charles vive o melhor momento de sua carreira. Além de ostentar o cinturão do Ultimate, o paulista soma 10 vitórias consecutivas na organização. Conor, por outro lado, está inserido no mundo oposto ao do tupiniquim. O irlandês acumula dois tropeços seguidos – ambos para Dustin Poirier – e se recupera de uma fratura na perna esquerda, sofrida em julho de 2021.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico